04/05/2022 às 08h32min - Atualizada em 04/05/2022 às 08h32min

Operação Maio Amarelo alerta população sobre impactos dos acidentes de trânsito

Ação em trabalho conjunto das Forças de Segurança terá programação durante todo o mês

Agência Minas
Foto: Tiago Cicccarini Sejusp
As Forças de Segurança Pública do Estado e demais instituições lançaram, nesta terça-feira (3/5), a Operação Integrada Maio Amarelo, que este ano traz o tema “Juntos salvamos vidas”. Ao longo do mês, serão realizadas diversas ações em Minas Gerais para alertar a população sobre os impactos dos acidentes de trânsito, além de divulgar meios de prevenção e outras formas de evitá-los. 

O lançamento da operação foi realizado na Cidade Administrativa, na capital mineira, e reuniu integrantes das forças de segurança para a saída simbólica das viaturas e demais estruturas, como a carreta do Centro Integrado de Comando e Controle. 

Operação integrada

Os profissionais percorrerão bares, restaurantes, escolas, praças, ruas e rodovias, com diversos trabalhos de conscientização; prestarão orientações junto a motociclistas, com distribuição de antenas, para que esses possam evitar acidentes com cerol; fortalecerão as operações repressivas – haverá blitz integrada da Lei Seca semanalmente; e promoverão caminhadas com a mobilização de doação de sangue para o Hemominas, focando no atendimento às vítimas de trânsito, por exemplo. 

O secretário da Sejusp, Rogério Greco, afirma que as forças de segurança estão unidas para salvar vidas. “A conscientização junto à população sobre os cuidados no trânsito é primordial. Nosso principal objetivo não é punir; mas sim evitar que a população corra riscos por conta de descuido ou imprudência. Todos precisam fazer a sua parte. Esta é uma campanha mundial e Minas está à frente, integrando todas as forças de segurança e órgãos relativos ao trânsito, para que possamos reduzir o número de acidentes e salvar vidas”. 

“Se uma pessoa deixar de ser vítima de acidente, já fez sentido o nosso trabalho. Esta é uma campanha internacional que visa conscientizar tanto as instituições quanto a população com relação a atuação no trânsito. O nosso objetivo é salvar vidas”, disse o comandante-geral da Polícia Militar, Cel Rodrigo Souza Rodrigues, durante o lançamento da campanha. 

Porta-voz da PMMG, a major Layla Brunnela destaca operações preventivas realizadas constantemente, visando chamar a atenção dos motoristas, ciclistas e pedestres sobre a importância de respeitarem as leis de trânsito.  “Em relação à Campanha Maio Amarelo, as ações que serão realizadas de forma integrada pelos órgãos de segurança reforçarão as estratégias utilizadas pelas instituições para sensibilização dos cidadãos para um comportamento mais seguro e responsável no trânsito, o que possibilitará a diminuição dos acidentes e, consequentemente, preservará vidas", destacou. 

Investigação

Diante de crimes relativos a condutores de veículos, a população conta com os trabalhos de investigação da PCMG, que atua na elucidação dos casos, além da educação de trânsito. “Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que 90% dos acidentes são causados por falha humana, ou seja, podem ser evitados com mudanças de atitudes. São muitas vidas perdidas, pessoas com sequelas e famílias impactadas pelo desrespeito à legislação de trânsito e pela falta de atenção" observou o chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, delegado-geral Joaquim Francisco Neto e Silva. 

Na prestação de socorro às vítimas, em 2021 o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais atendeu cerca de 25 mil ocorrências relacionadas à acidentes de trânsito em todo o estado. Número que se torna ainda mais alarmante quando analisado no contexto nacional e que carece de atenção e de ações contundentes por parte das entidades envolvidas.

“A Campanha Maio Amarelo tem se mostrado eficaz neste contexto de conscientizar e fomentar a cultura da prevenção de acidentes de trânsito há quase uma década. É preciso incutir nos condutores o senso de responsabilidade e de valorização à vida e lembrar que as estatísticas não são apenas números, mas denunciam sonhos que foram interrompidos e ausências que sempre causarão dor” lembra o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, Coronel Edgar Estevo. 

Movimento 

O Maio Amarelo, movimento que ganhou forma no Brasil a partir de 2014, é uma parceria entre órgãos e entidades do Sistema Nacional de Trânsito, órgãos públicos, empresas privadas e sociedade civil.  O mês se tornou referência mundial para as ações que objetivam reduzir o número de vítimas no trânsito quando, em maio de 2011, a Organização das Nações Unidas (ONU) decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. Na ocasião, governos de todo o mundo se comprometem a adotar medidas para prevenir os acidentes no trânsito.  

O amarelo foi escolhido porque a cor simboliza atenção e também a sinalização de advertência no trânsito. O Maio Amarelo também objetiva chamar a atenção de motoristas, passageiros, pedestres e ciclistas sobre os impactos sociais, emocionais e econômicos dos acidentes de trânsito, para assim mudar atitudes. 

Para dicas e orientações, ao longo de todo o mês, as instituições e forças de segurança disponibilizarão em suas redes sociais peças gráficas com conteúdos relativos ao trânsito. 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »