04/10/2014 às 14h01min - Atualizada em 04/10/2014 às 14h01min

Aécio Neves vai a 24% e ultrapassa Marina Silva

Hoje em Dia
Dilma Rousseff, Marina Silva e Aécio Neves são os candidatos mais bem colocados nas pesquisas

Pesquisa CNT/MDA divulgada na manhã deste sábado (4) coloca o senador Aécio Neves (PSDB) em vantagem para chegar ao segundo turno contra a presidente Dilma Rousseff (PT). O tucano subiu 4,2 pontos em relação ao último levantamento (29/09), e chegou a 24% das intenções de voto, contra 21,4% da ex-ministra Marina Silva, que caiu 21,4%. A diferença entre os dois, de 2,6 pontos, está pouco acima da margem de erro, que é de 2,2 pontos percentuais. Dilma ficou estável com 40,6% das intenções. Brancos e nulos somam 5,2% e 5,8% dos entrevistas não responderam ou não souberam responder.

Considerando apenas os votos válidos (excluindo-se brancos e nulos) , o cenário para o primeiro turno fica com a seguinte configuração: Dilma Rousseff tem 45,6%; Aécio Neves tem 27%; Marina Silva, 24,1%; Luciana Genro aparece com 1,2%; Pastor Everaldo com 0,8%; Levy Fidelix tem 0,6%; e os outros candidatos somam 0,7% das intenções de voto.

Segundo turno

A pesquisa mostra um acirramento também na disputa do segundo turno entre Dilma e Aécio. A petista tem vantagem de 5,2 pontos. A candidata à reeleição aparece com 46% das intenções e o tucano tem 40,8%. Brancos e nulos totalizam 9,7% e outros 3,5% dos entrevistados não sabem ou não responderam.

Na segunda simulação, entre Dilma e Marina, a petista tem 9,7 pontos de vantagem, com 47,6% contra 37,9%. Brancos e nulos representam 11,1% e 3,4% não sabem ou não responderam.

O terceiro cenário simula o segundo turno entre Aécio e Marina. O tucano teria 43% dos votos, segundo a pesquisa, contra 37,1% da adversária, somando, assim, 5,9 pontos de vantagem. Para 15,7% dos entrevistados o voto seria branco ou nulo e 4,2% não sabem ou não responderam.

A pesquisa está registrada sob o número BR-01032/2014 no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Foram entrevistados 2.002 eleitores entre 2 e 3 de outubro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »