05/06/2024 às 22h00min - Atualizada em 05/06/2024 às 22h00min

Energisa Minas Rio obtém financiamento de R$ 117 milhões junto ao BNDES para melhoria da distribuição de energia

Projeto auxilia manutenção das operações e melhoria da qualidade do fornecimento de energia

Gerência de Comunicação Energisa
O Grupo Energisa obteve, junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), um financiamento para apoio ao plano de investimento da Energisa Minas Rio, que atende 1,2 milhão de pessoas em 71 municípios mineiros, além de Nova Friburgo e Bom Jardim, na serra fluminense. Com R$ 117 milhões de apoio do BNDES, o plano de investimento totaliza R$ 390 milhões no biênio 2023-2024. Os recursos beneficiarão residências, comércios, atividades rurais e indústrias.

Prática consagrada para atendimento aos padrões de qualidade definidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), planos de investimentos periódicos são recorrentes nas empresas do setor. Até dezembro de 2024, os recursos possibilitarão manutenção das operações, melhoria da qualidade do fornecimento de energia elétrica e controle de perdas comerciais, além de expansão da rede e ampliação da base de clientes.

“Focamos na combinação de qualidade com alta eficiência de nossas operações, com um planejamento meticuloso, visando as soluções mais eficazes para cada região, a fim de alcançar alto nível de satisfação na percepção dos clientes. Por atuar em 24% do território nacional, entendemos que cada área de atuação tem particularidades e nos demandam investimentos específicos para dar a melhor resposta aos anseios dos nossos clientes. Seguindo o nosso plano de investimento, esse recurso será aplicado na expansão da rede de distribuição para democratizar ainda mais o acesso à energia limpa e na robustez da nossa infraestrutura”, afirma o vice-presidente de Redes do Grupo Energisa, Gioreli de Sousa.

“A expansão e melhoria dos serviços de distribuição de energia é prioridade para o BNDES, pois envolve projetos em que há fortes benefícios tanto em termos de expansão da população atendida quanto em relação à qualidade e confiabilidade da energia entregue nestas regiões", destaca a diretora de Infraestrutura, Transição Energética e Mudança Climática do BNDES, Luciana Costa.

Entre as intervenções que serão executadas pela Energisa Sul-Sudeste contemplam o atendimento a novos domicílios, ampliação de subestações e linhas de distribuição de energia e troca de equipamentos. Também incluem expansões e substituições de redes de energia.

“A energia é imprescindível para o desenvolvimento econômico e social das cidades e comunidades que estamos inseridos. É a energia que viabiliza novas tecnologias, oportunidades de emprego e renda, acesso à educação e cultura. Por essa razão, entendemos que esse aporte financeiro é importantíssimo e contribuirá para que sigamos cumprindo o nosso compromisso de executar obras que tragam melhorias à qualidade do fornecimento de energia”, enfatiza o diretor-presidente da Energisa Mias Rio, Eduardo Alves Mantovani.

O apoio às concessionárias da Energisa faz parte de um financiamento de R$ 1,7 bilhão aprovado pelo BNDES para auxiliar na manutenção e incremento da qualidade operacional das nove concessionárias de distribuição de energia controladas pelo Grupo. Os investimentos previstos para 2024 beneficiarão 11 estados: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Paraíba, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Sergipe, Acre, Rio de Janeiro e Rondônia.

Sobre a Energisa

Com 119 anos de história, a Energisa é um dos maiores grupos privados com capital nacional do setor elétrico brasileiro. Somos um ecossistema de produtos e serviços voltado para protagonizar a transformação energética,
conectando pessoas e empresas à melhor solução de energia e construindo um mundo mais sustentável.

Nosso portfólio abrange nove distribuidoras de energia elétrica, 13 concessões de transmissão, uma central de geração fotovoltaica centralizada, uma marca inovadora de soluções energéticas – a (re)energisa –, que conta com um dos maiores parques de geração distribuída fotovoltaica do país, além de comercialização de energia no mercado livre e serviços de valor agregado. Contamos também com uma central de serviços compartilhados, uma empresa de contact center para atender nossos clientes e a fintech Voltz, a primeira no segmento de empresas de serviço público de energia. Recentemente, diversificamos nosso portfólio com a inclusão da distribuição de gás natural, através da aquisição da ES Gás e um projeto, em construção, para geração de biometano a partir de resíduos sólidos.

Transformamos energia em conforto e desenvolvimento para mais de 20 milhões de pessoas em 863 municípios de todas as regiões do país e geramos mais de 20 mil empregos, diretos e indiretos.
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »