28/11/2014 às 16h08min - Atualizada em 28/11/2014 às 16h08min

Segurança pública e direitos humanos será tema debatido

Pela primeira vez, a escolha da temática para a edição de 2015 foi realizada por estudantes de 23 municípios mineiros.

Em 2014, representaram Leopoldina os jovens (Da esquerda pra direita na foto) Kleyton Lima da Silva (E.E. Sebastião Silva Coutinho-Polivalente), Isabela Aparecida Resende de Castro (Colégio Imaculada Conceição), Sofia Silva Junqueira e Yano Salum Schettin

Com 11 votos favoráveis, o tema “Segurança Pública e Direitos Humanos” foi o escolhido para a edição de 2015 do Parlamento Jovem de Minas (PJ Minas). Entre as 23 Câmaras Municipais que participaram do processo de escolha da temática, entre as quais a de Leopoldina,  nove indicaram o tema “Recursos Hídricos” e três deram o seu voto para a terceira opção: “Violência contra criança e adolescente”. Entre as demais participantes do Parlamento Jovem 2014, quatro Câmaras não expressaram a sua preferência nesse processo.

Até este ano, a escolha era feita pelos coordenadores do projeto e a participação dos jovens nessa etapa é uma demanda antiga. O PJ Minas é desenvolvido pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) em parceria com a PUC Minas e câmaras municipais. A cada ano, estudantes discutem e elaboram sugestões sobre um tema de relevância social e do interesse dos jovens.

A escolha do tema de 2015 foi realizada pelos municípios participantes. Mobilizados pela coordenação municipal, os estudantes receberam informações sobre as três opções de temas e, ouvindo os demais colegas que atuaram na etapa municipal, fizeram a sua escolha. As câmaras tiveram autonomia para definir a dinâmica desse processo: algumas escolheram o voto direto e outras optaram pela construção de um consenso entre os jovens. Independentemente desse modelo, cada município encaminhou à coordenação estadual um único tema.

O tema da segurança pública e direitos humanos, que será trabalhado na próxima edição do Parlamento Jovem de Minas, traz grandes desafios para os jovens que irão se engajar no projeto. O Brasil ainda apresenta índices de criminalidade muito elevados, quando comparados aos indicadores de outros países. Os jovens são os mais vitimizados por essa violência. Enquanto na população não jovem 9,9% do total de mortes correspondem às causas externas, entre os jovens, esse indicador sobre para 73,2%, sendo o homicídio a causa mais frequente.

No debate do tema, podem ser abordados aspectos como a criminalidade violenta, o tráfico de drogas, as prisões e as medidas socioeducativas, prevenção à criminalidade entre outros, que serão agora analisados pela coordenação estadual do projeto, com o apoio da Gerência-Geral da Consultoria Temática da ALMG, para identificar os três subtemas que irão compor a temática do PJ Minas 2015.

Câmaras municipais participam de encontro preparatório do PJ Minas 2015 - A Escola do Legislativo da ALMG já recebe, na próxima semana, 75 representantes de 41 câmaras municipais mineiras que confirmaram interesse em participar da edição de 2015 do Parlamento Jovem de Minas. Essas câmaras já cumpriram uma das condições para se integrar ao projeto: acompanhar a Etapa Estadual da edição de 2014, realizada no final do mês de outubro. A partir desta segunda-feira, (1º/12), elas participam do Encontro Preparatório 2015, também pré-requisito para participação da próxima edição do Parlamento Jovem de Minas.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »