07/12/2014 às 19h43min - Atualizada em 07/12/2014 às 19h43min

Nunca houve tanta punição a corruptos como atualmente

Taxa de aprovação ao governo Dilma é de 42%, que consideram sua gestão boa ou ótima

A menos de um mês de seu novo mandato, metade acha que a presidente fará uma gestão melhor.

Pesquisa Datafolha realizada em 2 e 3 de dezembro com 2.896 entrevistas revela que para 42%, a gestão Dilma é boa ou ótima. É a mesma taxa de 21 de outubro, quando, no final da eleição-- com propaganda diária na TV--, ela atingiu seu melhor patamar desde junho de 2013.

A petista chega à véspera do início de seu segundo mandato com 50% do eleitorado achando que ela fará um bom governo daqui para frente.

O patamar é 23 pontos menor que o observado antes da posse de 2011, porém melhor que o do tucano Fernando Henrique Cardoso na véspera de seu segundo mandato, em 1998 (41%). O Datafolha não fez essa pergunta antes da segunda posse de Lula.

Outros dados dão pistas sobre a razão da imobilidade da popularidade de Dilma apesar da associação de seu nome com o caso Petrobras.

Já a desaprovação sofreu leve mudança: eram 20% os que julgavam Dilma ruim ou péssima, são 24% agora. A margem de erro é de dois pontos. De cada dez brasileiros, sete acham que a presidente Dilma Rousseff tem alguma responsabilidade no escândalo da Petrobras, envolvendo empreiteiras e políticos. Apesar disso, as revelações da Operação Lava Jato não provocaram alteração relevante em sua imagem.

A preocupação com a corrupção tem caído. Em junho, era o principal problema do país para 14%. Agora, para apenas 9%. Saúde segue líder desse ranking com 43% das citações; seguida de violência/segurança, com 18%.

Além disso, 40% acham que nunca houve tanta punição aos corruptos como hoje, o que significa que as investigações de denúncias nunca foram inibidas, pelo contrário, são estimuladas.

Fonte: Folha de São Paulo


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »