31/12/2014 às 14h55min - Atualizada em 31/12/2014 às 14h55min

Projeto de reflorestamento já plantou mais de 200 mudas

O reflorestamento do manancial foi importante, pois no futuro, bem próximo, as árvores plantadas irão proteger as cabeceiras, o curso do córrego e o volume de água.

Prefeito Municipal, Diretor do SAAE e funcionários reflorestando a APP do manancial.

Em 2014, o município de Recreio, localizado na zona da mata mineira, vivenciou uma das piores estiagens de sua história, acarretando com a escassez de água em açudes, fontes, córregos e no manancial, tendo inclusive que adotar o racionamento no abastecimento às residências, durante uma semana, em outubro, entre 18h e 6h.

Na tentativa de amenizar este transtorno da falta de água e os impactos que o homem vem causando ao meio ambiente, a Prefeitura Municipal e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto “SAAE”, executaram na última semana, o projeto pioneiro “Reflorestamento Já! Eu Apoio!”, com o plantio de mais de 200 mudas na área de proteção permanente do manancial, localizado a aproximadamente 2 km da urbe, e também na área vede da Usina de Triagem e Compostagem de Resíduos, no distrito de Conceição da Boa Vista. O projeto contou com apoio do Instituto Estadual de Florestas – IEF/Leopoldina.

“O reflorestamento do manancial foi importante, pois no futuro, bem próximo, as árvores plantadas irão proteger as cabeceiras, o curso do córrego e o volume de água. Sem a flora nativa a água da chuva penetra com mais intensidade no solo e os sedimentos são depositados dentro do córrego, provocando assoreamento e mudança na qualidade da água. Neste sentido o nosso projeto de recomposição desta área será importante para a manutenção da biodiversidade e a preservação do recurso hídrico”, explicou o Prefeito Ônio Fialho Miranda.

A APP do manancial recebeu mudas nativas e frutíferas de: unha de vaca, pau-brasil, paineira, jatobá, jequitibá, aroeira, escumilha, ipês, jacarandá mimoso, jacarandá graneleiro, goiaba, jabuticaba, abiu, amora, romã, jaca, pitanga, abacate, caju, cacau e várias outras. A extensão demarcada e reflorestada à margem esquerda, na Fazenda Ribeirão, de Gilson Pereira, foi de aproximadamente 1.500 m². Em 2015, os idealizadores do projeto estarão realizando o plantio à margem direita do, em terras da Fazenda Sesmaria, do proprietário Gilberto Junqueira.

Na área verde da UTC o plantio das árvores foi feito com o intuito de amenizar os impactos causados com a construção da usina, realizado no ano de 2012 pela empresa gestora da UHE Barra do Braúna, Brookfield Energia Renovável, com recursos de R$ 641 mil do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social "BNDES" e atualmente administrada pela Prefeitura.

“Para integrar a população e conscientizá-la sobre a importância do reflorestamento, no próximo ano faremos um pit stop com participação de estudantes, pelas ruas da cidade, com a entrega de panfletos informativos e sementes de árvores nativas, assim que iniciar o ano letivo nas escolas do Município, informou o diretor do SAAE, João Alcides Campos Ferreira.”

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura Municipal de Recreio.

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »