02/01/2015 às 17h34min - Atualizada em 02/01/2015 às 17h34min

Bandeiras tarifárias nas contas luz já valem a partir de janeiro

Elas são importantes para engajar a sociedade para o uso racional dos recursos naturais usados na geração de energia

As bandeiras permitirão que as contas de luz tenham mecanismos mais dinâmicos para cobrança

A Energisa informa que, como todas as demais empresas do setor elétrico, vai adotar o sistema de bandeiras tarifárias nos estados em que atua a partir de janeiro próximo. As bandeiras permitirão que as contas de luz  tenham, todo mês, mecanismos mais dinâmicos para cobrança do valor da fatura,  de acordo com a demanda de energia do mercado. Pelo novo modelo, o valor das tarifas refletirá os custos de curto prazo na geração de energia e os consumidores poderão acompanhar, por exemplo, os momentos em que houver maior escassez na oferta e, consequentemente, maior risco futuro no fornecimento.

Além disso, as bandeiras tarifárias são importantes para engajar a sociedade para o uso racional dos recursos naturais usados na geração de energia, que são limitados e dependentes de condições adversas. O sistema de bandeira tarifária atende a um consenso cada vez maior da sociedade sobre a importância do uso consciente dos recursos e a necessidade de redução nas emissões de gases de efeito estufa.

Outro ponto importante é que o sistema irá sincronizar também o preço pago pelas distribuidoras na compra da energia com o valor final da tarifa cobrada aos consumidores, evitando que as empresas sofram impactos financeiros e tenham sua capacidade de investimento afetada. Vale reforçar que a adoção do novo sistema não significa um maior aumento na conta de luz, mas sim a antecipação de parte do aumento que ocorreria normalmente uma vez ao ano, na data do reajuste de cada concessionária. O valor da tarifa poderá aumentar ou diminuir a cada mês de acordo com a necessidade de acionamento das usinas termelétricas, cujo custo de geração de energia é bem maior do que o das hidrelétricas.

O sistema possui três bandeiras: verde, amarela e vermelha – as mesmas cores dos semáforos - e indicam o seguinte:

 

Sobre o Grupo Energisa 

Com 109 anos de história, o Grupo Energisa é um dos maiores do Brasil em distribuição de energia elétrica. Uma das primeiras a abrir capital no Brasil, a companhia controla 13 distribuidoras em Minas Gerais (Energisa Minas Gerais e Bragantina), Paraíba (Energisa Paraíba e Energisa Borborema), Rio de Janeiro (Energisa Nova Friburgo), Sergipe (Energisa Sergipe), Mato Grosso (Cemat), Mato Grosso do Sul (Enersul), Tocantins (Celtins), São Paulo (Caiuá, Vale Paranapanema e Nacional) e Paraná (Força e Luz do Oeste).

São aproximadamente 6 milhões de clientes e uma população atendida de 15 milhões de pessoas, em 788 municípios de todas as regiões do Brasil. Com receita líquida anual de R$ 8,9 bilhões, o grupo gera cerca de 10 mil empregos diretos.

Com a missão de transformar energia em conforto, desenvolvimento e oportunidades de forma sustentável, responsável e ética, a Energisa atua com um diversificado portfólio que engloba distribuição, geração (Energisa Geração) – com foco em energias limpas e renováveis- serviços para o setor elétrico (Energisa Soluções) e comercialização de energia (Energisa Comercializadora).

Fonte: Assessoria de Comunicação Social Energisa


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »