19/02/2015 às 18h06min - Atualizada em 19/02/2015 às 18h06min

Réu no mensalão mineiro pode se aposentar impune

Minas 247
Um ano após renunciar ao mandato de deputado federal, tucano Eduardo Azeredo sinaliza querer deixar a vida política.

O ex-deputado federal Eduardo Azeredo sinalizou querer deixar a vida política, um ano depois de ter renunciado ao cargo de deputado federal. "Estou com 66 anos e fui governador, fui senador. Eu fiz minha parte. Tem mais gente aí agora para fazer", disse ele, que não tem mais poder de decisão dentro do seu partido, o PSDB.

O tucano é réu no processo do chamado mensalão mineiro, pelo qual foi acusado de ter cometido os crimes de peculato e lavagem de dinheiro. Ele renunciou ao mandato de deputado pouco depois da recomendação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de sua condenação a 22 anos de prisão.

Desde então, seu processo saiu do Supremo Tribunal Federal (STF) e passou a tramitar na 9ª Vara Criminal do Fórum Lafayette, em Minas Gerais, onde ainda está parado. Segundo reportagem do Estado de S. Paulo, que conversou com Azeredo, falta apenas a sentença, mas não há previsão para tal decisão.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »