13/03/2015 às 00h00min - Atualizada em 13/03/2015 às 00h00min

SENAR poderá participar de rede de fomento à Integração Lavoura-Pecuária-Floresta no Brasil

Programa de Assistência Técnica e Gerencial com Meritocracia da entidade vai contribuir para a difusão da técnica

A possibilidade de parceria foi proposta por representantes da fabricante de máquinas agrícolas John Deere.

Conhecido por sua abrangência e pela proximidade com o produtor rural, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) deverá auxiliar outras entidades na difusão da Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) no Brasil. A possibilidade de parceria foi proposta por representantes da fabricante de máquinas agrícolas John Deere - que encabeça uma rede de fomento à tecnologia formada por cinco empresas -, numa visita realizada ao SENAR, nesta terça-feira (10/3).

“O que vocês estão propondo é música para os nossos ouvidos. Queremos juntar forças para fazer uma transformação da agropecuária brasileira e podemos contribuir muito por meio do nosso Programa de Assistência Técnica e Gerencial”, declara o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e do Conselho Deliberativo do SENAR, João Martins.

Segundo o presidente da John Deere, Paulo Hermann, a produção de alimentos para atender a crescente população mundial dependerá da agricultura tropical, mas para isso é preciso investir em tecnologias que permitam o aumento da produtividade de maneira estruturada, utilizando menos área e preservando os recursos naturais. Na opinião dele, um dos caminhos é incentivar os produtores a utilizarem a ILPF, mas para isso é necessário superar alguns desafios.

“A Embrapa desenvolve pesquisas e tecnologias, mas precisamos que isso chegue no produtor rural. Hoje existe um hiato na assistência técnica e sabemos que o SENAR desenvolve projetos nessa área. Queremos o apoio de vocês para acelerar esse processo. O futuro da agricultura está nos trópicos, mas precisamos estruturar o processo de produção agrícola para atender o crescimento mundial”, ressalta.

O secretário executivo do SENAR, Daniel Carrara, explicou como funciona o Programa de Assistência Técnica e Gerencial com Meritocracia e adiantou que a ILPF poderá ser trabalhada de maneira transversal nos Centros de Excelência de Pecuária de Corte e de Grãos, que estão sendo construídos. O SENAR já atua em conjunto com a John Deere em várias iniciativas, como no Projeto Biomas e em capacitações de instrutores na área de Agricultura de Precisão, e existe interesse em ampliar a parceria.

“Já desenvolvemos vários programas que incluem a ILPF, como o ABC Cerrado, o Capacita ABC e uma parceria com a Embrapa Gado de Corte para o treinamento de técnicos, além de ações específicas realizadas pelas Administrações Regionais. Queremos participar desse grupo e estaremos presentes no evento que está sendo organizado para debater o tema, no dia 18 de março, para, a partir daí, construirmos uma pauta mais prática”, afirma Carrara referindo-se ao Dia de Campo da rede de fomento, que ocorrerá em Caldas Novas (GO).

A reunião também contou com a participação da coordenadora de projetos especiais do Departamento de Educação Profissional e Promoção Social (DEPPS), Patrícia Fontes Machado, do coordenador de Assistência Técnica e Gerencial do SENAR, Matheus Ferreira Pinto da Silva, e do coordenador do Programa Nacional de Agricultura de Precisão do SENAR, Rafael Diego Nascimento da Costa, além dos diretores da John Deere, Alfredo Miguel Neto e João Pontes.

Enviado pela Assessoria de Comunicação do SENAR
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »