07/05/2015 às 17h05min - Atualizada em 07/05/2015 às 17h05min

Emplacamentos em Minas têm retração de 28,1% em abril

Segundo a Fenabrave, no mês passado foram comercializadas nas concessionárias do Estado 39.332 unidades

Rafael Tomaz - Diário do Comércio

As vendas de veículos novos em Minas Gerais recuaram 28,1% em abril na comparação com o mesmo mês do ano passado, conforme informações da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). A retração ficou acima da média nacional, que caiu 21,08% no período.

Os emplacamentos atingiram 39.332 unidades, ante 54.707 em abril do ano passado. Na comparação com o mês imediatamente anterior (42.078 unidades) foi registrada queda de 6,53% nas vendas.

No acumulado entre janeiro e abril os emplacamentos em Minas Gerais caíram 17,93% em relação ao mesmo período de 2014. As vendas passaram de 182.719 unidades para 149.951 veículos, de acordo com os dados da Fenabrave.

Somente no segmento de automóveis e comerciais leves o recuo nas vendas atingiu 19,56% nos primeiros quatro meses deste ano, ante o acumulado de janeiro a abril de 2014. Os emplacamentos somaram 102.155 unidades, contra 127 mil veículos no exercício passado.

Os emplacamentos de caminhões e ônibus no Estado totalizaram 3.853 unidades no acumulado do ano até abril. O volume representa queda de 42,7% na comparação com os quatro primeiros meses de 2014, quando ele totalizou 6.724 veículos.

Conforme a entidade, somente na capital mineira, as vendas de veículos atingiram 55.751 unidades entre janeiro e abril, contra 66.153 no mesmo intervalo do ano passado. Isto representa uma redução de 15,72% no período.

Somente em abril, os emplacamentos em Belo Horizonte caíram 30,62% em relação ao mesmo mês de 2014, passando de 24.173 unidades para 16.772 veículos. Na comparação com março, quando as vendas somaram 16.766 unidades, houve um pequeno avanço de 0,04%.

No país, as vendas de veículos atingiram 343.047 unidades em abril. O resultado é 21,08% inferior ao registrado no mesmo intervalo do ano passado (434.692) e 8,91% menor do que o mês imediatamente anterior, quando somou 376.585 veículos.

No acumulado entre janeiro e novembro os emplacamentos no Brasil caíram 16,63%. O resultado passou de 1,666 milhão de veículos para 1,389 milhão de unidades.

Montadoras - O momento ruim da economia vem afetando de forma significativa as montadoras instaladas em Minas Gerais. Os emplacamentos de veículos da Fiat no país, por exemplo, recuaram 30,2% nos primeiros quatro meses deste ano em relação ao mesmo intervalo de 2014.

Foram comercializados 163.889 veículos da marca entre janeiro e abril, ante 235.027 unidades em igual período do exercício passado. Apesar do desempenho negativo, a companhia, com planta em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), manteve a liderança do segmento de automóveis e comerciais leves, com 19,05% de participação neste mercado.

A Iveco Latin America, subsidiária da CNH Industrial, com planta em Sete Lagoas (região Central) registrou queda de 32,5% nas vendas de caminhões, ônibus e comerciais leves na mesma base de comparação. Os emplacamentos alcançaram 2.975 unidades, contra 4.410 veículos nos quatro primeiros meses de 2014.

Com unidade em Juiz de Fora, na Zona da Mata, a Mercedes-Benz registrou uma redução de 40,8% nas vendas de caminhões. Os emplacamentos de veículos da marca alemã no país somaram 6.186 unidades, ante 10.450 veículos no ano passado, conforme as informações da Fenabrave.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »