08/05/2015 às 10h38min - Atualizada em 08/05/2015 às 10h38min

Governador Pimentel anuncia a criação dos Fóruns Regionais de Governo

Iniciativa irá fortalecer instâncias de diálogo com a sociedade para um melhor planejamento de políticas regionalizadas

Agência Minas

O governador Fernando Pimentel anunciou, na noite desta quinta-feira (7/5), ao participar do 32º Congresso Mineiro de Municípios, em Belo Horizonte, a criação dos Fóruns Regionais de Governo. O anúncio marca a confirmação do compromisso de realizar um governo com participação popular na elaboração, execução, monitoramento e avaliação de políticas públicas regionalizadas. A assinatura do decreto que irá oficializar a criação dos Fóruns está prevista para acontecer na próxima semana.

Pimentel, que participou da posse da nova diretoria da Associação Mineira de Municípios (AMM), afirmou que a parceria do Governo do Estado com as prefeituras é fundamental para garantir o desenvolvimento de Minas Gerais e a prestação de bons serviços à população.

“Vamos começar a discutir com os personagens de cada região, como os prefeitos e os agentes públicos, ouvir as dificuldades e incluir no Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG) e no orçamento do ano que vem. É um governo pé no chão. É o que Minas precisa”, declarou.

O governador garantiu ainda que, apesar de todas as dificuldades encontradas pela nova gestão, Minas não irá parar de crescer. Segundo ele, uma das prioridades será a retomada de todas as obras que estão paralisadas no estado e o pagamento dos débitos com as empresas deixadas pelo governo anterior. “Não é possível perder o que já foi começado”, ressaltou.

“Não há outra opção senão trabalhar. Com esforço, trabalho, humildade e ouvindo nossos parceiros, faremos Minas andar para frente. Vamos fazer um governo de todos e para todos”, finalizou Pimentel.

Participação popular

Os Fóruns Regionais de Governo serão conduzidos pelas secretarias de Estado de Governo (Segov), de Planejamento e Gestão (Seplag) e de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania (Sedpac), com o apoio institucional de todos os demais órgãos da administração direta e indireta.

A população de cada território será convidada a participar de encontros que irão contribuir para subsidiar o planejamento e as ações de governo. A estrutura mínima dos Fóruns contempla representantes do Governo do Estado, de órgãos federais de expressão regional, prefeitos, vereadores, entidades empresariais e sindicais e representantes do poder legislativo estadual e federal. Representantes da sociedade civil também participam do colegiado.

Ao todo, serão 17 “Territórios de Desenvolvimento”, divididos pelas regiões: Noroeste, Norte, Médio e Baixo Jequitinhonha, Mucuri, Alto Jequitinhonha, Central, Vale do Rio Doce, Vale do Aço, Metropolitana, Oeste, Caparaó, Mata, Vertentes, Sul, Sudoeste, Triângulo Sul e Triângulo Norte.

Posse AMM

Durante a posse da nova diretoria da AMM, Pimentel destacou ainda, que o Governo de Minas Gerais se preocupa com a causa municipalista e que toda a sua equipe está disposta a auxiliar os prefeitos para resolver os problemas.

“A AMM é uma das associações mais representativas do país e tem demonstrado uma capacidade muito grande de resolver as questões relativas aos problemas dos municípios. Teremos uma relação de diálogo permanente”, afirmou o governador.

O novo presidente da entidade, Antônio Júlio, prefeito de Pará de Minas, salientou a importância da parceria com o governo estadual. “Nossa associação terá um papel e nós vamos estar juntos para discutir as políticas de Minas. Vamos fazer muito pelos municípios e por Minas Gerais”, disse.

Também estiveram presentes no evento o vice-governador Antônio Andrade; o presidente da Assembleia Legislativa, Adalclever Lopes; os secretários de Estado de Governo, Odair Cunha; de Transporte e Obras Públicas, Murilo Valadares; de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães; de Turismo, Mário Henrique Caixa; de Meio Ambiente, Sávio Souza Cruz; e de Desenvolvimento Econômico, Altamir Rôso,  além de prefeitos, vereadores e presidentes de autarquias e fundações.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »