27/06/2015 às 14h07min - Atualizada em 29/06/2015 às 08h48min

Ouro Verde Meio Ambiente disponibiliza tecnologia para tratamento e reuso da água.

Luiz Henrique Lopes Vilas, diretor da Ouro Verde e Eduardo Cabezas, diretor da Alfamec.

A Ouro Verde Meio Ambiente e Negócios Sustentáveis, líder nacional em soluções de sustentabilidade para concessionárias de veículos está ampliando seus investimentos em tecnologia ambiental e oficializou uma parceria com a fabricante ALFAMEC de São Paulo, tradicional empresa de soluções e equipamentos para tratamento, reuso e reciclagem de água. 

O objetivo da parceria é oferecer aos clientes da Ouro Verde Meio Ambiente soluções tecnológicas para o reaproveitamento da água da chuva, o tratamento de efluentes e o reuso de águas residuais para lava jatos, concessionárias de veículos, empresas, indústrias de diversos segmentos e portes, condomínios residenciais e comerciais, hotéis, entre outros.

“Essa parceria traz à Alfamec uma grande oportunidade de expor nosso produto em um grande canal focado, principalmente no mercado automotivo, além de termos a possibilidade de junto a outros clientes da Ouro Verde, ajudarmos empreendimentos a diminuírem seus gastos com a captação de água, o tratamento de efluentes e a destinação adequada dos mesmos”, explica Eduardo Cabezas, diretor da Alfamec.

Segundo Luiz Henrique Lopes Vilas, diretor da Ouro Verde, “nossos clientes terão mais uma facilidade para diminuir seus gastos com água e efluente, adequando ambientalmente seus negócios por meio de uma tecnologia única. Queremos fornecer um ambiente livre de passivos ambientais para que os empreendedores aumentem seu volume de negócios sem precisar se preocupar com o aumento dos custos operacionais”.

A parceria permitirá que Estações de Reciclagem de Água de Chuva, Estações de Reuso de Águas Residuais e Estações de Tratamento de Efluentes e Esgoto sejam disponibilizadas em condições especiais, inclusive via cartão BNDES, para clientes da Ouro Verde Meio Ambiente. Todos os produtos oferecidos são cadastrados no FINAME.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »