02/08/2015 às 13h59min - Atualizada em 02/08/2015 às 13h59min

Prefeitura realizou obras no reservatório d'água de Tebas

A equipe liderada pelo funcionário Amarildo concluiu os serviços e a situação já está normalizada.

Prefeitura de Leopoldina - com foto de Kalon Moraes
Funcionários da Prefeitura executaram o serviço

A população dos distritos de Leopoldina, recebem água potável em suas residências através do abastecimento de responsabilidade da Prefeitura. Provenientes de poços artesianos, a água oferecida à população dos distritos passa por rigorosas análises e exames antes de chegarem aos consumidores. 

Depois de passar por desgaste natural em sua construção, o reservatório responsável pelo principal abastecimento da população tebana, recebeu intervenção da Prefeitura em sua estrutura física.

Além de reconstruir a parte superior do reservatório, para assim garantir mais qualidade no abastecimento à população, uma camada de placas isolantes foi instalada com a malha de ferragens, para garantir a qualidade do serviço.

Segundo parecer da engenharia do município, os serviços executados no reservatório de Tebas foram projetados, para solucionar de vez o desconforto térmico, que vinha provocando trincas e rachaduras no concreto. “O que estamos promovendo neste reservatório de Tebas é uma manutenção técnica. Além de construir a parte superior do reservatório, estamos tomando cuidado para que o conforto técnico promovido pelas placas isolantes, seja o suficiente para evitar o que vinha acontecendo com a construção tradicional”, explicou o engenheiro José Márcio Gonçalves Lima, secretário de Obras do município de Leopoldina.

A equipe da Prefeitura, liderada pelo funcionário Amarildo concluiu os serviços e a situação já está normalizada em Tebas.

 

Para refrescar a memória

Professor denuncia situação caótica do reservatório de água de Tebas

O professor Junior Almeida, da rede estadual de educação no distrito de Tebas, fez uma denúncia ilustrada com fotos em sua página no facebook, sobre a situação caótica em que se encontrava o reservatório de onde é distribuída a água que abastece a população daquele distrito.

Em e-mail enviado ao Jornal Leopoldinense Online ele relatou: “ Na terça-feira, dia 14 de Abril de 2015, fiz uma matéria e publiquei em minha página na rede social Facebook, sobre o estado em que se encontra o depósito de água de meu querido distrito de Tebas-MG. O que posso resumir, é que simplesmente desumano a forma que é armazenada a água que consumimos em nossas residências aqui em Tebas. Me deparei com ratos e morcegos, pois a laje que cobre a caixa d'água cedeu e está a céu aberto, a proliferação de insetos também é visível, as paredes da caixa estão caindo também. Tal postagem em apenas um dia, recebeu mais de 100 acessos e muitos moradores deram suas opiniões em minha página. Autorizo a publicação de minha página se quiser para que chegue às autoridades competentes. Estamos organizando uma manifestação em breve”. Att, Profº Júnior Almeida. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »