12/08/2015 às 11h38min - Atualizada em 12/08/2015 às 11h38min

Projeto levanta o astral de mulheres com câncer

A leopoldinense Wilma Montes é a idealizadora do projeto

Por Kelly Diniz
Tribuna de Minas
Arlete faz tratamento contra o câncer de mama há nove meses (Foto: Guilherme Arêas)

“Meu filho não vai acreditar que eu estava no hospital. Vai achar que eu estava no salão.” Foi com essa alegria que Arlete Mazilan, 64 anos, saiu da sessão de quimioterapia, do Instituto Oncológico. A responsável por melhorar o astral da paciente foi a fisioterapeuta Wilma Montes, idealizadora do projeto “Lindas para viver”, que ajuda a melhorar a autoestima de mulheres que estão enfrentando o câncer. Wilma ensina automaquiagem para as pacientes, além de procedimentos para evitar o ressecamento da pele causado pelo tratamento. “Com o nosso trabalho, melhoramos o astral delas. Melhorando o astral, até a resposta ao tratamento é diferente”, afirma Wilma.

Arlete, que faz tratamento contra o câncer de mama há nove meses, conta que não quis participar na primeira vez. “Eu não estava muito bem no dia. Mas hoje acordei inspirada. Ajudou a aliviar o estresse e a distrair. Eu adorei a maquiagem.” Wilma conta que muitas vezes sai emocionada das sessões. “Na última visita, fui a um leito e foi muito gratificante. Fiz (a maquiagem) em uma mulher que não estava falando. Expliquei para ela o que ia fazer, perguntei se queria, e ela apertou a minha mão concordando. A paciente estava acompanhada do esposo, que me disse que ela estava apática há muitos dias. Depois da maquiagem, ela sorriu várias vezes. Eu fiquei emocionada. Isso não tem preço.”

Um dos colaboradores do projeto é o fotógrafo Eduardo Venâncio. Dessa parceria surgiu a ideia da construção de um calendário com registros que serão feitos externamente com as pacientes. “Vamos fazer vários ensaios externos e montar um calendário. A gente vai vendê-lo e reverter em fundos para aquisição de produtos para elas.” Eduardo acompanha a fisioterapeuta nas sessões. “Eu busco registrar essas pequenas alegrias que são mais escassas nesse momento difícil. As pacientes se sentem importantes e até se esquecem, por alguns minutos, do tratamento.”

 Como ajudar

Wilma ainda oferece às pacientes alguns produtos de maquiagem de presente. O grupo também realiza a doação de lenços, perucas e adereços. A idealizadora conta que até os homens participam da limpeza de pele para hidratação. Para conhecer melhor o projeto, realizar doações ou se tornar um voluntário acesse o blog www.lindasparaviver.blogspot.com.br ou entre em contato pelo telefone (32)8819-6433.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »