17/08/2015 às 15h02min - Atualizada em 17/08/2015 às 15h02min

Depois de parar na Justiça do Trabalho eleições no SINSERPU acontecerão no dia 20

Associados que trabalham na área de educação não poderão votar nem ser votados.

Luiz Otávio Meneghite
Rosalvo Flauzino Domiciano(E) e Marcelo de Rezende(D)disputam a presidência do SINSERPU

O presidente do SINSERPU/Leopoldina Gilson Barbosa Carminate, divulgou no início da tarde desta segunda-feira, 17 de agosto, que o processo eleitoral para eleger a nova diretoria da entidade, ocorrerá na sede do Sindicato, no Mar Center Shopping, na quinta-feira, dia 20 de agosto, de 08:00 às 17:00 horas.

Segundo o comunicado distribuído pelo assessor de imprensa Amaury da Silva Santos, um nome foi substituído na chapa 1, encabeçada por Rosalvo Flauzino Domiciano, e 6 seis nomes foram substituídos na chapa 2, encabeçada por Marcelo de Rezende, por força de decisão judicial, que são os trabalhadores lotados na educação. Os associados que trabalham na área de educação não poderão votar nem ser votados.

Para refrescar a memória

O Juiz Titular da Vara do Trabalho de Cataguases, Tarcísio Correa de Brito, emitiu na quinta-feira, 23 de julho, decisão na Ação Anulatória de Ato da Comissão Eleitoral do SINSERPU/Leopoldina (clique aqui), ajuizada por Rosalvo Flauzino Domiciano, um dos candidatos à presidência do Sindicato, representado na Ação pelo advogado Alessandro Rubim Barbosa.

Rosalvo tentou anular o registro da chapa concorrente alegando que ela tinha em sua composição pessoas lotadas no âmbito da Secretaria Municipal de Educação, o que seria ilegal, pois tais funcionários teriam sua contribuição sindical recolhida ao SindUte e por isso, não poderiam concorrer na eleição para a direção do SINSERPU. O Juiz julgou procedente em parte a pretensão de Rosalvo, reconhecendo a inelegibilidade dos candidatos servidores municipais lotados na área de Educação e determinou que a chapa 2, encabeçada por Marcelo de Rezende, substituisse  os candidatos incluídos nessa condição.  Notificado da decisão, o advogado do SINSERPU, Wesley Moraes Botelho, a comunicou ao atual presidente Gilson Barbosa Carminati, que decidiu convocar as duas chapas e os membros da Comissão Eleitoral para uma reunião na tentativa de uma conciliação que atendesse sobretudo aos interesses do Sindicato.

As chapas registradas inicialmente pela Comissão Eleitoral

Duas chapas foram registradas inicialmente na secretaria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Leopoldina-SINSERPU, para concorrerem nas eleições que para composição da nova diretoria do Sinserpu, uma encabeçada por Rosalvo Flauzino Domiciano e outra por Marcelo de Resende. Segundo edital publicado na edição nº 280 do jornal Leopoldinense, estariam aptos a votar e ser votados todos os associados quites com suas obrigações societárias até a data das eleições. Com as alterações havidas, os trabalhadores na área de educação não poderão votar nem ser votados. O mesmo acontecendo com funcionários da Câmara Municipal. O mesmo edital estabeleceu que a apuração dos votos ocorrerá logo após o encerramento do pleito. O atual Presidente, Gilson Carminate, resolveu não concorrer à reeleição e deve se aposentar ainda este ano, se desligando do quadro de servidores municipais para se dedicar à sua vida empresarial. Com o ajuizamento da ação na Justiça do Trabalho, Gilson Carsminate teve seu mandato prorrogado por ato de assembléia, até o dia 21 de agosto, quando será empossada a diretoria eleita na véspera.

Confira como eram as chapas registradas:

CHAPA 01: Presidente: Rosalvo Domiciano Flauzino, Vice-Presidente: Sebastiana Célia Robert Tavares, Secretária Geral: Cláudia Camilo Macário Reis, Secretário Adjunto: Miguel dos Santos Souza, Diretor Financeiro: Adriano de Souza Oliveira, Diretor Financeiro Adjunto: Ângelo Baptista, Diretor de Assuntos Legislativos: Marcos Antonio Nascimento Almeida.Diretor de Assuntos Comunitários: Maria Clara da Silva, Diretor de Comunicação e Assuntos Culturais: Dogmar Carvalho de Aguiar, Diretor de Assuntos de Administração Indireta: Luiz César Barbosa Maldonado. Conselho Fiscal Titular: André Luiz da Silva Apolinário, Paulo Lúcio Antunes da Silva e Lourdes Helena Inácia Reis. Conselho Fiscal Suplente: Ricardo Ávila de Almeida, Célio Silva Patrocínio(Substituído) e Ivan Ferreira Guimarães

CHAPA 02: Presidente: Marcelo de Rezende, Vice-Presidente: Sandra Fernandes Mendonça, Secretário Geral: Marcos Abreu, Secretário Adjunto: Bruno José Gonçalves,        Diretor Financeiro: Maria Alice de Souza Francisco Montenário (Substituída), Diretor Financeiro Adjunto: Sandra Helena Montes Lupatini(Substituída), Diretor de Assuntos Legislativos: José de Queirós Louro, Diretor de Assuntos Comunitários: Wilma Portela Machado(Substituída) Diretor de Comunicação e Assuntos Culturais: José Maria Daniel, Diretor de Assuntos de Administração Indireta, Vera Lúcia do Vale Costa(Substituída). Conselho Fiscal Efetivos: Marcelo da Cruz Pinto, Suely Nunes da Silva Nogueira(Substituída) e Joelma Ferreira de Moura(Substituida). Conselho Fiscal Suplente: Carlos Alberto da Conceição Dibo, Célia Aparecida de Moraes Augusto e Maria das Graças Machado Bedim(Substituída).

Confira como ficaram as chapas após as modificações:

CHAPA 01

Presidente: Rosalvo Domiciano Flauzino-Vice-Presidente: Sebastiana Célia Robert Tavares-Secretária Geral: Cláudia Camilo Macário Reis-Secretário Adjunto: Miguel dos Santos Souza-Diretor Financeiro: Adriano de Souza Oliveira-Diretor Financeiro Adjunto: Ângelo Baptista-Diretor de Assuntos Legislativos: Marcos Antonio Nascimento Almeida-Diretor de Assuntos Comunitários: Maria Clara da Silva -Diretor de Comunicação e Assuntos Culturais: Dogmar Carvalho de Aguiar-Diretor de Assuntos de Administração Indireta: Luiz César Barbosa Maldonado.Conselho Fiscal Titular: André Luiz da Silva Apolinário,Paulo Lúcio Antunes da Silva, Lourdes Helena Inácia Reis. Conselho Fiscal Suplente: Ricardo Ávila de Almeida, Carlos Antonio Flauzino dos Passos e Ivan Ferreira Guimarães.

CHAPA 02

Presidente: Marcelo de Rezende-Vice-Presidente: Sandra Fernandes Mendonça -Secretário Geral: Marcos Abreu- Secretário Adjunto: Bruno José Gonçalves-Diretor Financeiro: Roberto da Silva -Diretor Financeiro Adjunto: Joelma Ferreira de Moura- Diretor de Assuntos Legislativos: José de Queirós Louro- Diretor de Assuntos Comunitários: Ricardo Alexandre de Oliveira Borges- Diretor de Comunicação e Assuntos Culturais: José Maria Daniel- Diretor de Assuntos de Administração Indireta: Willes Nunes Ferreira.Conselho Fiscal Efetivos: Marcelo da Cruz Pinto,Vicente Rosa de Oliveira e Antonio de Almeida Resende. Conselho Fiscal Suplente: Carlos Alberto da Conceição Dibo, Célia Aparecida de Moraes Augusto e Paulo Afonso Moreira Carvalho.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »