08/01/2016 às 19h39min - Atualizada em 08/01/2016 às 19h39min

Cerca de 5 mil vidas já foram salvas pelo PACE – HEMOMINAS de Leopoldina

O sangue é um remédio que não conseguimos comprar em uma farmácia e a única forma de consegui-lo é através da doação. Não existe nenhuma substância que substitua o sangue.

Foram realizadas 16 coletas de sangue com 1.249 doadores e uma média de 78 bolsas de sangue por coleta.
Desde sua primeira coleta no dia 10 de setembro de 2015, o PACE HEMOMINAS Leopoldina vem superando expectativas com uma repercussão cada vez maior na região. A boa aceitação da população tem contribuído bastante para um número cada vez maior de doadores.
 
No ano de 2015 o PACE HEMOMINAS Leopoldina teve um número bem expressivo de doações. Foram realizadas 16 coletas de sangue com 1.249 doadores e uma média de 78 bolsas de sangue por coleta.
 
Quando se olha pelo prisma de que cada bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas, esse número se eleva ainda mais. Em menos de quatro meses, cerca de cinco mil vidas foram salvas.
A doação de sangue é um ato de amor e generosidade com o próximo. O sangue é um remédio que não conseguimos comprar em uma farmácia, não existe nenhuma substância que substitua o sangue. A única forma de consegui-lo é através da doação.
 
"A doação de sangue é um ato altruísta, você doa o sangue de coração, não importa a quem. Hoje estamos em uma posição muito boa na qual podemos escolher doar ou não e temos que agradecer por isso. As vezes salvamos uma vida até dormindo, pois nossa bolsa de sangue pode estar sendo utilizada em algum acidente que ocorreu de madrugada." diz Lívia Machado enfermeira triagista do PACE HEMOMINAS.
 
Muitas pessoas encontravam dificuldades quanto ao deslocamento para realizar as doações, pois o local mais próximo era Além Paraíba. A boa localização de Leopoldina facilitou muito o acesso e deslocamento das populações vizinhas.
 
“Eu sempre tive vontade de doar sangue mas existia uma grande dificuldade para ir doar em outra cidade. Quando a prefeitura trouxe o PACE para Leopoldina ficou fácil, agora não paro mais. A equipe é muito bem preparada e só tenho a agradecer a todos. Voltarei assim que completar os dois meses de doação”, disse o doador Saulo Ferreira.
 
Vale ressaltar que os homens podem doar de dois em dois meses e as mulheres de três em três meses. Para doar sangue não precisa estar em jejum e é importante uma boa hidratação, tanto no dia da doação como no que antecede. As doações de sangue acontecem todas as quintas-feiras das 8 as 16h no Polo de Saúde Agostinho Pestana, que fica localizado no prédio em frente ao hospital de Leopoldina.
 
Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »