05/02/2016 às 08h25min - Atualizada em 05/02/2016 às 08h25min

Lançado aplicativo que mapeia 180 cachoeiras mineiras

Ferramenta desenvolvida com apoio da Fapemig traz dados de cachoeiras de 21 municípios e pode ser usada off-line

A cachoeira Grande fica dentro do Parque Nacional da Serra do Cipó, no Caminho dos Diamantes, na Estrada Real
As cachoeiras de Minas Gerais agora podem ser localizadas por um aplicativo de celular denominado Cachoeiras Estrada Real. O serviço, lançado essa semana, funciona como uma espécie de guia virtual, disponibilizando informações, fotos, vídeo e rotas que permitem ao usuário uma consulta prévia completa dos atrativos a serem visitados.

A tecnologia desenvolvida transforma os smarthphones em GPS’s com navegabilidade off-line, já que muitos dos lugares não possuem sinal de celular.Os principais dados são o nível de dificuldade de acesso, tempo médio de percurso, dicas de segurança, informações sobre guias turísticos, características ambientais e ainda se terreno se encontra em propriedade particular.

Por enquanto, o aplicativo está disponível para o sistema Android, mas a expectativa é que em março seja lançada a versão para iOS. O mapeamento faz parte do Projeto Cachoeiras Estrada Real, desenvolvido pelos empresários Pedro Henrique Mendonça e Rafael Ciprian e que ganhou destaque no Anuário da Fapemig.

Os idealizadores roteirizaram 180 cachoeiras em 21 municípios. Também reuniram informações turísticas sobre onde se hospedar, onde comer e outros serviços, tais como localização de postos de gasolina, bancos e telefones de emergência. 
“A ideia é continuar neste trabalho pioneiro no ramo de guias turísticos virtuais. Queremos criar uma plataforma que pode ser aplicada a outras realidades, como parques, circuitos turísticos e cidades turísticas”, conta Pedro.

Os sócios também estão firmando outras parcerias para ampliar a abrangência do projeto em aplicativos relacionados à conscientização ecológica do visitante e estímulo a ações para a preservação do meio ambiente, como a fixação de placas no trajeto e no local a ser visitado, sinalização da direção da cachoeira, manutenção das trilhas, infraestrutura no local, com instalação de lixeiras, e serviço de coleta seletiva.

Apoio

Por meio da Incubadora de Desenvolvimento Tecnológico e Setores Tradicionais do Campo das Vertentes (Indetec), a Fapemig destinou recursos que ajudaram a viabilizar o projeto.“Cachoeiras Estrada Real”.

A Indetec, localizada no Campus Tancredo de Almeida Neves (Ctan), da Universidade Federal de São João Del Rei, é uma das 26 incubadoras de base tecnológica apoiadas pela Fapemig no estado. Estas incubadoras contam com aportes anuais do estado, via seleção em edital público, que giram em torno de R$ 200 mil até R$ 400 mil.

Fonte: Central de Imprensa do Governo de Minas

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »