13/02/2016 às 12h51min - Atualizada em 13/02/2016 às 12h51min

Pulseira para monitorar idosos será lançada em maio

Primeira versão do dispositivo mineiro conta com detector de quedas

Matheus Almeida, Ivens Leão (centro) e Ana da Mata fim aos problemas dos idosos-Divulgação.
Berço de muitas empresas que unem tecnologia e saúde, Minas Gerais está prestes a receber mais uma inovação que conecta esses dois setores. Com previsão de lançamento para maio, o I-Care é um dispositivo para monitoramento da saúde dos idosos, que tem formato de pulseira e é capaz de enviar informações instantâneas para a família. O produto está sendo desenvolvido por três empreendedores do Estado, no laboratório aberto do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). A previsão é de que sejam disponibilizados até 100 produtos no primeiro lote.
 
Cofundador da startup, Ivens Leão explica que a proposta surgiu em maio do ano passado, quando ele tomou conhecimento do programa de pré-aceleração Lemonade, desenvolvido pela Fundep Participações S/A. (Fundepar) em parceria com outras oito organizações. Na época, ele já tinha se atentado para o nicho da terceira idade por causa de uma experiência familiar.
 
Eu via a preocupação que minha família tinha em saber como minha avó estava e percebi que esse é um problema comum. Os idosos sentem a necessidade do cuidado da família mas, por outro lado, gostam de sua independência e muitos não querem ir morar com os filhos?, diz. O cofundador explica que o dispositivo resolve esse problema sem muitos transtornos para os filhos e para o próprio idoso. Algumas pessoas acreditam que esse tipo de tecnologia afasta o idoso dos filhos, mas a ideia é o oposto: é para integrar a família, gerar ainda mais cuidado, afirma.
 
De acordo com ele, o dispositivo foi criado em forma de pulseira, mas também pode ser utilizado como colar ou broche. A primeira versão conta com um detector de quedas, que consegue interpretar quando o idoso cai e dispara um alarme para o aplicativo que está com os familiares. ?Fizemos uma pesquisa com 120 idosos em Minas Gerais e descobrimos que 80% caíam dentro de casa e 40% na rua. O detector ajudará nessa situação que é tão recorrente?, afirma. Além disso, o I-Care ainda conta com um botão de alerta que pode ser acionado pelo próprio idoso em situações em que ele precisa de ajuda, como se sentindo ameaçado por algo ou mesmo sentindo dor.
 
Outra funcionalidade que estará na primeira versão do dispositivo é o medidor de ociosidade. Leão explica que essa função foi desenvolvida a partir da análise de especialistas sobre como a falta de atividades na vida do idoso pode ser sintoma de quadros preocupantes. ?A ociosidade pode mascarar doenças, depressão ou outros desconfortos vividos pelo idoso, seja por medo ou outro sentimento?, diz. Segundo o cofundador, o dispositivo será capaz de medir o nível de desocupação do idoso e enviar relatórios para as famílias.
 
De acordo com Leão, até agora foram investidos cerca de R$ 10 mil na startup. Além da aceleração no Lemonade, onde ficaram entre os finalistas, os sócios também participaram do Desafio Pfizer e ganharam o prêmio de melhor startup de saúde do Brasil de 2015. Este ano, a empresa dará mais um passo em seu desenvolvimento: vai participar do Start-Up Chile, um dos maiores programas de aceleração de startups do mundo, que além de mentoria oferece um investimento de US$ 32 mil.
 
O cofundador afirma que a startup tem encontrado bons parceiros em Belo Horizonte, como o laboratório aberto do Senai, onde o I-Care está sendo desenvolvido, e a aceleradora Techmall. Ele acredita que o primeiro lote do produto será lançado até maio deste ano e terá cerca de 100 unidades. O preço ainda não foi definido. Leão também adianta que a startup já está trabalhando no aperfeiçoamento do dispositivo. Entre as novidades para a próxima versão estão a tecnologia de geolocalização, que ajudará a família a saber se o idoso saiu de casa, e a possibilidade de captação de dados biomédicos, como batimento cardíaco e temperatura.
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »