22/02/2016 às 15h01min - Atualizada em 22/02/2016 às 15h01min

Governadores de Minas Gerais, Acre, Bahia e Piauí se reúnem para trocar experiências sobre a gestão pública

Fernando Pimentel destacou a criação dos Fóruns Regionais de Governo e a aplicação da Lei da Assistência Social no Estado

SEGOV - Governo de Minas - Central de Imprensa
Foto:Veronica Manevy/Imprensa MG
O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel recebeu nesta segunda-feira (22/2) no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, os chefes dos Executivos do Acre, Tião Viana; da Bahia, Rui Costa; e do Piauí, Wellington Dias. O objetivo do encontro foi trocar experiências administrativas implementadas pelos governadores na atual gestão. No caso de Minas Gerais, Pimentel destacou a implantação dos Fóruns Regionais de Governo nos 17 territórios e a aplicação, pela primeira vez, da Lei da Assistência Social no Estado.

Em coletiva à imprensa, Fernando Pimentel afirmou que a ideia é os governadores se reunirem periodicamente para apresentação de novos projetos que permitam uma gestão adequada e serviços de qualidade aos cidadãos. “O objetivo é sempre trocar experiências administrativas, avaliar as melhores práticas de gestão para cada um adotar em seu respectivo governo. Apesar das enormes dificuldades financeiras dos Estados e da União, nós não estamos parados. A falta de recursos não pode ser impeditiva, e não está sendo”, destacou.

O governador citou duas inovações implantadas no primeiro ano de sua administração em Minas Gerais. “Falamos da nossa experiência desse primeiro ano dos Fóruns Regionais, também muito bem sucedida e na qual estamos na etapa de consolidação das demandas, além da área de assistência social. Pela primeira vez, o Estado conseguiu repassar os recursos para os municípios seguindo ao pé da letra a Lei da Assistência Social”, explicou.
 
Experiências
O governador do Acre, Tião Viana, mostrou como o Estado investiu no setor de cooperativas de pequenos produtores, gerando resultados nas áreas de suinocultura e piscicultura. Ele destacou a importância da troca de experiência entre os governadores.

“É uma iniciativa muito especial do governador Fernando Pimentel, agregando aos governadores do PT do Brasil as experiências, pegando toda a organização, o modelo de gestão, a visão de planejamento. O governo de Minas Gerais tem uma nova oportunidade de se apresentar para o Brasil, resgatando o que tem na sua história, e tem focado na ação social”, disse.

Wellington Dias, do Piauí, focou nas experiências de sua gestão na área da educação com mediação tecnológica, um modelo que não dispensa o professor em sala de aula, mas acrescenta tecnologia de maneira a tornar mais eficiente e de melhor qualidade o ensino.

O governador da Bahia, Rui Costa, apresentou a experiência de seu Estado na área da saúde, com a criação de Parcerias Público-Privadas para exames diagnósticos por imagem. Na avaliação de Fernando Pimentel, esse modelo interessa a Minas Gerais. “Eles têm um modelo muito vitorioso que nós queremos usar. Esse serviço precisa de atualização tecnológica permanente. E o setor público tem muita dificuldade com isso”, avaliou Pimentel.

Também participaram do encontro os secretários de Estado de Minas Gerais Odair Cunha (Governo), Helvécio Magalhães (Planejamento e Gestão) e André Quintão (Trabalho e Desenvolvimento Social).
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »