24/02/2016 às 08h26min - Atualizada em 24/02/2016 às 08h26min

Ivan Nogueira reivindica alargamento de pontes no acesso ao São Sebastião e Thomé Nogueira

“Várias pontes sobre o córrego Feijão Crú na cidade também precisam de reparos em seus pisos, alguns com as ferragens à mostra”, alerta o vereador.

Luiz Otávio Meneghite
A ponte no acesso ao São Sebastião cabe um carro de cada vez. (Foto: João Gabriel B. Meneghite)
O vereador Ivan Martins Nogueira, presidente da Câmara Municipal de Leopoldina, encaminhou pedidos oficiais ao prefeito José Roberto de Oliveira, reivindicando o alargamento de duas pequenas pontes de cimento na avenida dos Expedicionários no trecho que liga os bairros da região do Bela Vista aos bairros São Sebastião e Thomé Nogueira. O vereador lembra que “as pontes são na verdade antigos pontilhões da linha férrea que passava pelo local ligando a cidade de Leopoldina ao distrito de Vista Alegre. Com o passar dos anos surgiram novos bairros e loteamentos naquela região, aumentando sobremaneira o movimento de veículos e as pontes ficaram pequenas para suportar o intenso tráfego local”, observa o vereador.

O pedido de Ivan Nogueira reforça a indicação nº 356/2015 feita em 15 de dezembro do ano passado pelo vereador Pastor Darci José Portela, que solicitou ao prefeito José Roberto, “que a exemplo do alargamento que está sendo feito na ponte da  rua Francisco de Andrade Bastos, leve o mesmo benefício a duas pontes existentes na avenida dos Expedicionários localizadas próximo à Escola Municipal Judith Lintz Guedes Machado e na entrada do  bairro São Sebastião”.
 


Pontes da cidade precisam de reparos

Em um dos pedidos encaminhados ao prefeito José Roberto de Oliveira, o vereador Ivan Nogueira pede que a Secretaria Municipal de Obras dê uma atenção especial ao piso das pontes sobre o córrego Feijão Cru localizadas na avenida Getulio Vargas, rua Marechal Deodoro e rua Joaquim Guedes Machado, nas proximidades da rua das Flores. Em todas elas, diz o vereador “o piso precisa ser refeito, uma vez que as ferragens da estrutura estão à mostra e com o passar do tempo o dano pode ser maior e mais dispendioso o conserto”, alerta. Ivan Nogueira também relaciona em seus pleitos encaminhados ao prefeito o mau estado de conservação dos balaustres da ponte sobre o Feijão Crú, localizada nas proximidades do prédio do Ginásio. Ali o piso é de paralelepípedos e os corrimãos são feitos com balaustres de cimento com falhas em sua extensão, o que oferece uma imagem de desmazelo e insegurança para quem passa por lá.


Buracos no piso da ponte da Marechal Deodoro


Estado do piso na Joaquim Guedes Machado


O piso da ponte da avenida está todo trincado


Buracos nos passeios laterais das pontes

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »