24/02/2016 às 09h39min - Atualizada em 24/02/2016 às 09h39min

Pilotos do Clube Leopoldinense de Voo Livre se destacam em campeonatos em todo o país

O Clube Leopoldinense de Voo Livre (CLVL), associação sem fins lucrativos criada em 2001, conta com uma geração vitoriosa nas competições nacionais.

Marcelo Neto(*)
Túlio Subirá Coutinho e Ramon Moreira da Silva

No último fim de semana (19 e 20 de fevereiro), o sócio piloto do Clube Leopoldinense de Voo Livre (CLVL), Túlio Subirá Coutinho, subiu no pódio pela primeira colocação na categoria Sport no Campeonato Valadarense de Voo Livre. A competição aconteceu em Governador Valadares, na região do Vale do Rio Doce de Minas Gerais.

De acordo com a Associação Valadarense de Voo Livre (AVVL), organizadora do evento, esta etapa contou com a participação de aproximadamente 70 pilotos, não só da região de Governador Valadares, como de outros Estados brasileiros e até mesmo de outros países.

As provas foram realizadas no pico do Ibituruna, local de prática de Voo Livre conhecida mundialmente, onde os pilotos tiveram que voar por pontos predefinidos pela organização.

Este não foi o único resultado importante já conseguido pelo garoto Túlio. Em 2013, ele obteve o terceiro lugar no Campeonato Mineiro e o segundo lugar no Open Castelo. Ele ainda detém o recorde de distância livre decolando de Leopoldina (Rampa do Cruzeiro), com 119 km voados, além de muitos outros bons resultados espalhados por diversas regiões do país.

Outro sócio piloto com resultados impressionantes é o também garoto Ramon Moreira da Silva, morador da vizinha cidade de Astolfo Dutra, que comprova que esta geração não está para brincadeira.

Desde 2012, Ramon coleciona resultados como 4º lugar na International Cup Andradas (2012), 5º lugar no Open de Governador Valadares (2012), 6º lugar na Primeira Etapa do Brasileiro (2013), 1º lugar na categoria Sport e 5º lugar Geral no Open de Castelo (2014) e 5º lugar na categoria Sport no Brasileiro de 2015. Além de diversos outros títulos em pequenas competições, Ramon também ostenta o recorde de distância da Zona da Mata, com o espantoso resultado de 143 km voados.

Parabéns aos jovens pilotos Túlio e Ramon pelos resultados e principalmente por representar o CLVL e nossa cidade por diversas regiões do Brasil. Que venham mais e mais títulos em 2016!!!!!!!!!!!!!!!

(*) Professor, Praticante de Voo Livre e Conselheiro do CLVL


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »