01/03/2016 às 11h16min - Atualizada em 01/03/2016 às 11h16min

10 dias após denúncia de leitor situação no bairro Serra Verde continua a mesma

Local é utilizado para descarte de entulhos de obras, pneus, geladeiras velhas e tanquinhos entre outras tranqueiras, diz ele.

Luiz Otávio Meneghite
No dia 19 de fevereiro, o leitor Joel Mendes, morador no bairro Serra Verde, enviou fotos à redação do Jornal Leopoldinense Online  para denunciar a existência de vários criadouros do mosquito Aedes Aegypti naquela região: “ Gostaria uma ajuda através do jornal, para dar  uma  alerta às autoridades de  Leopoldina, quanto ao bairro Serra Verde. Acima do bairro existe  um  local onde  são depositados diversos entulhos, que  vão desde pneus velhos a geladeira, tanquinhos  e outras tranqueiras. Inclusive tem nessa região uma caixa de reserva da Copasa que está fora de uso, gerando foco  de mosquito e casos de dengue. Esse entulhos estão todos esparramados dentro do perímetro de entulho. A população pede uma ajuda urgente as autoridades” apelou o leitor naquela oportunidade. O jornal publicou a denúncia do leitor às 19h38min de sexta-feira, 19 de fevereiro.

Passados exatos 10 dias, no final da tarde desta segunda-feira, 29 de fevereiro, a reportagem do jornal manteve contato com Joel Mendes e ele deu a triste informação: “até agora não houve nenhuma ação das autoridades e a situação continua a mesma”.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »