07/03/2016 às 10h41min - Atualizada em 07/03/2016 às 10h41min

Jornal de BH destaca cidades como exemplos em infraestrutura, entre elas Leopoldina

Estado tem 24 municípios que se destacaram entre 5,5 mil de todo o país.

Panorâmica noturna de Leopoldina - Foto: Minas Drone - minasdrone.com.br
Matéria assinada pela jornalista Thaíne Belissa, publicada no Diário do Comércio, de sábado, 5 de março, com o título: Pequenas cidades mineiras são exemplos em infraestrutura, destaca a presença de Leopoldina entre 24 cidades de Minas que foram selecionadas em pesquisa elaborada no final do ano passado para a Revista Exame. Veja abaixo a íntegra da matéria:

“Elas têm localizações, costumes e vocações diferentes, mas quando o assunto é infraestrutura 24 cidades mineiras (veja quadro) se assemelham por darem exemplos de boas práticas. O reconhecimento veio por meio da pesquisa “As melhores cidades do Brasil para fazer negócios”, elaborada no final do ano passado pela consultoria Urban Systems para a revista “Exame”. Os municípios mineiros ficaram entre as 100 cidades pequenas com melhor infraestrutura do Brasil.
 
Essa é a segunda edição da pesquisa que vem com o recorte municipal. De acordo com o responsável pelo levantamento, William Rigon, até 2014 a consultoria só trazia enfoque nas microrregiões, mas devido à demanda dos próprios municípios e também para acompanhar o movimento de interiorização da economia, a Urban Systems incluiu as cidades de 50 mil a 100 mil habitantes no ranking.
 
“Nos últimos anos, muitas coisas aconteceram nas pequenas cidades do País. Elas têm atraído grandes redes varejistas, shopping centers e indústrias de maneira geral, que estão saindo dos grandes polos para municípios menores, movimentando a economia e gerando emprego no interior”, afirma Rigon. Ele explica que a consultoria teve o cuidado de separar a classificação das grandes e pequenas cidades, tendo em vista que estão em estágios diferentes
 
A pesquisa avaliou fatores como capital humano, desenvolvimento social e econômico para destacar as melhores cidades para se fazer negócio no Brasil. Dentro dessas áreas, o levantamento fez um recorte em infraestrutura, que considerou quatro indicadores: saneamento, que incluiu índice de perdas na distribuição de água, quantidade de paralisações no sistema e atendimento urbano; transporte, que inclui pavimentação, aeroporto e abastecimento de linhas rodoviárias; telecomunicações, que avalia cobertura de internet; e energia elétrica.
 
“A pesquisa é feita com dados coletados em órgãos oficiais. Ela é um importante norteador para quem está buscando municípios para abrir um negócio, por exemplo, mas também um incentivo para que os gestores continuem galgando degraus no ranking”, afirma.
 
Do total de 5,5 mil cidades de pequeno porte no Brasil, 100 foram classificadas como as melhores. Minas Gerais foi o segundo estado com maior número de municípios entre os classificados: 24. Só perdeu para São Paulo, que teve 33 cidades entre as melhores. “Minas Gerais se destaca porque seu potencial vai além de Belo Horizonte: o Estado tem muitas cidades menores que são polos importantes”, diz.


 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »