09/04/2016 às 15h51min - Atualizada em 09/04/2016 às 15h51min

Vacinação contra a gripe vai de 30 de abril a 20 de maio

Os grupos prioritários são indivíduos com 60 anos ou mais de idade e crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade.

Agência Minas
O Estado de Minas Gerais recebeu nesta semana 1.319.600 milhão de doses da vacina contra a gripe. O quantitativo, enviado pelo Ministério da Saúde, corresponde a 25% do total e será enviado às Regionais de Saúde que, por sua vez, farão a distribuição aos municípios.

Segundo o cronograma do Ministério da Saúde, a distribuição das vacinas ocorrerá em seis etapas durante os meses de abril e maio, com respectivas redistribuições às Regionais de Saúde pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG).

A Campanha de Vacinação contra a Gripe tem início no dia 30 de abril e se estende até 20 de maio. A recomendação da SES-MG é que os municípios, na semana que antecede o início da campanha (entre os dias 25 e 30 de abril), ofertem a vacina para grupos de pessoas acamadas e residentes em instituições fechadas, como asilos.

A meta é vacinar 80% da população alvo (3.898.343 milhões de pessoas) em Minas Gerais, segundo os grupos priorizados pelo Ministério da Saúde. Os grupos prioritários são indivíduos com 60 anos ou mais de idade; crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade; gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores de saúde; povos indígenas e pessoas com doenças crônicas como diabetes, asma, bronquite, por exemplo, e outras condições clínicas especiais, como pessoas transplantadas.

Informações úteis

Para controlar a gripe, a prevenção continua sendo o melhor caminho. As recomendações são medidas de higiene como lavar bem as mãos com água e sabão, com frequência; utilizar o antebraço ou o lenço de papel quando for tossir ou espirrar (evitando assim cobrir a boca com as mãos); evitar tocar os olhos, boca e nariz após contato com superfícies; não compartilhar objetos de uso pessoal e manter os ambientes bem ventilados.

Crianças que vão receber a vacina contra a gripe pela primeira vez devem ser imunizadas em duas etapas, com intervalo de 30 dias entre as doses. É importante levar aos postos de saúde o cartão de vacinação e um documento de identificação.

Também serão vacinadas pessoas com doenças crônicas não transmissíveis ou com condições clínicas especiais. Neste caso, é preciso levar uma prescrição médica especificando o motivo da indicação da dose.

Pacientes que participam de programas de controle de doenças crônicas no Sistema Único de Saúde devem procurar os postos onde estão cadastrados para receber a dose, sem necessidade da prescrição médica.

Como o organismo leva, em média, de duas a três semanas para criar os anticorpos que geram proteção contra a gripe, o governo ressaltou que é fundamental realizar a imunização no período da campanha para garantir a proteção antes do início do inverno.

A vacina é contraindicada a pessoas com história de reação anafilática em doses anteriores ou àquelas que tenham alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

A transmissão dos vírus Influenza ocorre por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. A doença também pode ser transmitida pelas mãos e por objetos contaminados.

Os sintomas da gripe incluem febre, tosse ou dor na garganta, além de dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. O agravamento pode ser identificado por sintomas como falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »