21/04/2016 às 13h21min - Atualizada em 21/04/2016 às 13h21min

Tribunal de Justiça de Minas Gerais realiza pesquisa de opinião

Um dos objetivos é medir o nível de conhecimento da população sobre o Judiciário

A pesquisa irá procurar saber que imagem os públicos interno e externo têm do TJMG.
“O Judiciário mineiro está submetendo suas ações a um processo avaliativo, buscando verificar se seus propósitos estão sendo alcançados.” Assim o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Pedro Bitencourt Marcondes, define a grande pesquisa que a instituição realiza no período de 18 de abril a 10 de maio de 2016 em todo o estado.

 A ideia é saber que imagem os públicos interno e externo têm do TJMG, além de medir o nível de conhecimento da população sobre o papel do Tribunal de Justiça e da magistratura. A pesquisa pretende ainda avaliar a percepção de magistrados e servidores acerca das diretrizes, do planejamento estratégico e do modelo de gestão adotados pela Casa e dos processos de comunicação associados a eles.

 O trabalho será realizado pela empresa Fluxus Global Consultoria e Pesquisa, por meio da aplicação de questionários, avaliação de resultados e elaboração de relatórios. Nele, serão considerados tanto os aspectos quantitativos quanto qualitativos das opiniões.

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Pedro Bitencourt Marcondes, considera extremamente importante que a administração pública acompanhe e avalie regularmente o nível de satisfação da população com relação às ações desenvolvidas, para que, assim, possa obter uma visão real de suas necessidades em relação aos serviços sob sua responsabilidade.

 Públicos diferentes

Durante a pesquisa, que será realizada por amostras dos diferentes públicos, serão ouvidos magistrados, servidores, usuários da Justiça e outros representantes da população. Os procedimentos metodológicos compreendem atividades de pesquisa e envolvem a interação da equipe da empresa com o público-alvo durante a coleta de dados.

O enfoque quantitativo será obtido através da aplicação de questionários online, que serão enviados para magistrados e servidores, e presenciais, que serão realizados por meio de entrevistas com a população em geral e usuários da Justiça. Com relação à investigação qualitativa, os dados serão obtidos mediante a realização de entrevistas em profundidade e reuniões com grupos de discussão, com representantes dos públicos interno e externo do Tribunal de Justiça.

De acordo com o superintendente de Comunicação do TJMG, desembargador Luiz Carlos de Azevedo Corrêa Júnior, os critérios da pesquisa estão apoiados por uma metodologia capaz de captar as impressões e as questões dos grupos ouvidos, de tal forma que será possível mensurar os efeitos do trabalho do Tribunal e da Assessoria de Comunicação Institucional, elaborar um diagnóstico da situação e construir um plano de ações fundamentado nos resultados.

Entre os dias 19 de abril e 29 de abril, um questionário eletrônico ficará disponível na Rede TJMG, para que o público interno possa avaliar a justiça estadual. Participe!

Assessoria de Comunicação Institucional - Ascom
TJMG - Unidade Goiás


 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »