09/05/2016 às 15h41min - Atualizada em 09/05/2016 às 15h41min

Reiniciada a vacinação contra gripe H1N1 em Leopoldina

Secretaria Municipal de Saúde recebeu mais 4.500 doses da vacina que já foram distribuídas às unidades básicas.

A vacinação já foi reiniciada em Leopoldina. (Foto: Kalon Moraes)
A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe em Leopoldina, iniciada na manhã de sábado, 30 de abril, foi interrompida em apenas 3 dias porque as doses da vacina contra a gripe H1N1 enviadas pela Secretaria de Estado da Saúde para Leopoldina haviam se esgotado com a aplicação de 4.610 doses da vacina, correspondentes aos 2 lotes recebidos, de 1.810 e 2.800 doses.
 
Em comunicado à imprensa naquela ocasião a Secretária Municipal de Saúde, Lúcia Gama, informou que a meta de vacinação em Leopoldina é de 7.094 pessoas (o que corresponde a 80% das 8.868 pessoas aptas a receberem a vacina), porém, devido à falta da vacina, o déficit atual no município era de 2.484 doses. 
 
Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, as vacinas são enviadas pelo Ministério da Saúde à Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais, que as encaminham para as Diretorias Regionais de Saúde, responsáveis pela distribuição aos municípios. Este circuito é chamado de "Rede de Frios".
 
Na tarde desta segunda-feira, 9 de maio, a Secretária Lúcia Gama informou ao jornal Leopoldinense que foram enviadas mais 4.500 doses da vacina a Leopoldina que imediatamente foram distribuídas às unidades básicas de saúde do município responsáveis pela vacinação, que vai ocorrer até o dia 20 de maio.
 
Da redação com informações da Secretaria Municipal de Saúde e foto de Kalon Moraes.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »