27/06/2016 às 09h12min - Atualizada em 27/06/2016 às 09h12min

Conservatório tem apresentação de flauta doce no dia 30 de junho

Evento acontece no auditório Helenice Machado Bella, com música, poesia e dança com alegria e emoção. A entrada é gratuita.

Edição: Luiz Otávio Meneghite
O Conservatório Estadual de Música Lia Salgado anuncia a ‘A flauta doce e seus encantos’, com apresentação na próxima quinta-feira, dia 30 de junho, às 19h30min,  no auditório Helenice Machado Bella, com música, poesia e dança com alegria e emoção.

A origem deste instrumento está nos antigos instrumentos folclóricos que ainda podem ser encontrados em diversas partes da Europa  hoje, como o chasan da Hungria (dez furos) ou a flauta dupla da antiga Iugoslávia. Muitos destes instrumentos eram feitos de tubos de bambu ou cana naturais, enquanto a flauta doce era um instrumento torneado em madeira. Foi o instrumento musical mais popular na Idade Média. Ela produz um som melodioso. Como todo instrumento musical, para ser tocado é necessário o estudo das técnicas. É o mais antigo dos instrumentos da família de tubo interno. Consiste em um tubo, com furos para sete dedos e um furo para o dedo polegar, que serve como chave de oitava. Talvez a ilustração mais antiga e incomparável seja a de uma flauta doce que está em “O Escárnio de Jesus” (posterior a 1315), um afresco da Igreja de Staro Nagoricvino na lugoslávia. Existem várias ilustrações de tubos parecidos que podem ou não serem flautas que antecedem este exemplar.

Fontes: Wikipédia, a enciclopédia livre e Conservatório Estadual de Música Lia Salgado
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »