03/07/2016 às 11h20min - Atualizada em 03/07/2016 às 11h20min

STF suspende ações de magistrados contra jornalistas da Gazeta do Povo

Por: Redação Jornalistas&Cia
O Supremo Tribunal Federal suspendeu na quinta-feira (30/6) ações promovidas por magistrados contra jornalistas da Gazeta do Povo, do Paraná.

Em sua decisão, a ministra Rosa Weber determinou que “ficam suspensos os efeitos da decisão reclamada, bem como o trâmite das ações de indenizações propostas em decorrência da matéria jornalística e coluna opinativa apontadas pelos reclamantes”. Weber inicialmente havia negado o pedido dos jornalistas, representados pelo advogado Alexandre Kruel Jobim. No entanto, reconsiderou sua decisão e suspendeu as ações até o julgamento do mérito da reclamação do advogado.

As dezenas de ações seriam uma reação a reportagens publicadas em fevereiro de 2016 sobre remunerações do Judiciário no Estado. Sobre o tema, a Abraji se manifestou em junho: “Para a Abraji, os processos na Justiça não buscam a reparação de eventuais danos provocados pelas reportagens, mas intimidar o trabalho da imprensa e, por isso, são um atentado à democracia”. Na sequência, a entidade lançou a campanha #foraassédiojudicial.
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »