11/07/2016 às 10h51min - Atualizada em 11/07/2016 às 10h51min

Cápsulas de fuzil de uso restrito encontradas em Leopoldina

90 cápsulas deflagradas de calibre 556 foram descartadas próximo a Igreja de São José

Populares encontraram na noite de sábado, 9 de junho,  dentro de uma sacola plástica descartada na via pública,  90 cápsulas deflagradas de fuzil, calibre 556, que seriam de uso restrito das forças de segurança, próximo a Igreja de São José, em Leopoldina.  Uma testemunha encontrou um saco plástico no chão e ligou para o 190. Os Sd Fagner e Alan entregaram os materiais na Delegacia para providências. Não há informações sobre quem teria descartado o material no local.

O fuzil 556


O Fuzil 556 (CT 556) é produzido pela Taurus e destinado a grupos de pronto emprego tático e policiamento ostensivo. O equipamento atende aos padrões exigidos para o emprego policial em áreas urbanas ou rurais, é um produto robusto, leve e ergonômico, que tem na simplicidade de operação e manutenção seus pontos fortes. Por ser uma arma de comandos ambidestros, o CT 556 permite a fácil adaptação para destros e canhotos. Possui, ainda, coronha com regulagem de comprimento telescópica e rebatível, o que auxilia na adaptação do usuário ao equipamento e ao seu manuseio em ambientes confinados (viaturas, interior de edificações etc.). O desenvolvimento da caixa da culatra do modelo foram utilizadas ligas de alumínio aeroespacial de alta resistência, garantindo assim mais leveza e resistência a todo o conjunto. A arma possui ainda alavanca de manejo reversível, empunhadura na posição frontal ao carregador, que permite maior segurança e melhor ergonomia para o atirador e, finalmente, um botão liberador tático do carregador, permitindo a troca rápida do carregador sem perder a posição de confronto.
Fontes: Assessoria de Comunicação Social da 6ª Cia Ind PMMG e  site: http://www.tecnodefesa.com.br/materia.php?materia=347 com foto de Mídia Mineira
 

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »