27/07/2016 às 07h05min - Atualizada em 27/07/2016 às 07h05min

Artesãos de Leopoldina querem que Feira funcione também na sexta

Atualmente, a tradicional Feira de Artesanato funciona aos sábados, na Praça General Osório com 70 barracas.

Feira de Artesanato Praça General Osório
A presidente da Associação dos Artesãos de Leopoldina, Elisa Márcia Araújo Dutra da Silva, realizou na noite do dia 25 de julho, uma reunião no plenário da Câmara Municipal de Leopoldina, da qual participaram 40 artesãos que debateram diversos assuntos de interesse da categoria. Elisa Márcia explicou que aproximadamente cinquenta pessoas estão na fila, interessadas em expor e vender seus produtos na feira, mas não há vagas, barracas e espaço. Atualmente, a tradicional Feira de Artesanato funciona aos sábados, na Praça General Osório, em frente às agências  do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, com 70 barracas.
Artesão reunidos na Câmara Municipal
Ela explicou que apresentou verbalmente ao Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Valter Carlos Gonçalves de Matos, uma sugestão, para que a feira de artesanato passe a funcionar também pelo menos uma sexta-feira por mês, pois seria um modo de abrigar novos artesãos, além da facilidade de todas as barracas já ficarem montadas para a realização da feira no sábado seguinte, o que já é tradicional. O Secretário Valter Matos confirmou ao jornal Leopoldinense que recebeu a proposta verbal da Associação dos Artesãos há menos de uma semana e que estuda com carinho a pretensão que envolve vários setores, tanto da Prefeitura quanto da iniciativa privada, para que, tomada uma decisão, não se tenha que voltar atrás, como aconteceu quando houve a mudança para a praça Félix Martins. O Secretário disse ainda que os artesãos tem que ser tratados com respeito e nenhuma decisão que vá mexer no funcionamento da Feira deve ser tomada precipitadamente.
 
Diversos produtos artesanais são comercializados, como doces, balas, comida, roupas, bonecas, salgados e outros. Perguntada sobre o local de funcionamento da feira, atualmente na Praça General Osório, Elisa Márcia afirmou que desde 1.995 comercializa seus produtos na feira, sendo a Praça General Osório o local ideal, pois na época em que a mesma foi transferida para a Praça Félix Martins, todos os artesãos sentiram a diminuição do movimento e a caída nas vendas, pois apesar de mais espaço, o fluxo de pessoas que passam pela Praça Félix Martins aos sábados pela manhã é bem menor.
 
Ivan Nogueira reforça pleito dos artesãos
 
O presidente da Câmara Municipal de Leopoldina, vereador Ivan Martins Nogueira, reforçou junto ao prefeito José Roberto de Oliveira, a reivindicação dos associados da Feira do Artesão Leopoldinense, que é realizada todos os sábados na Praça General Osório, no centro da cidade. Frequentador assíduo da feira, Ivan Nogueira observou também o mau estado de conservação da maioria das barracas, que são montadas e desmontadas por equipes da Prefeitura e guardadas em depósito de responsabilidade do Município. Uma das reivindicações diz respeito à troca das lonas que cobrem as barracas que ficaram desgastadas, algumas rasgadas, pelo tempo de uso e estão atualmente com má aparência. Outra sugestão anotada é de que os próprios feirantes cuidassem das lonas, levando-as para suas casas, deixando por conta da equipe da Prefeitura apenas a montagem da estrutura das barracas. Outra idéia do parlamentar seria o funcionamento da Feira de Artesanato nos distritos de Leopoldina, por ocasião da realização de eventos como os Concursos Leiteiros. Claro que com o transporte sendo proporcionado pelo Município. O Vereador tem conversado com a direção da Associação dos Artesãos de Leopoldina e algumas das ideias serão levadas à discussão com os demais participantes da Feira para o aperfeiçoamento das propostas.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »