19/08/2016 às 18h47min - Atualizada em 19/08/2016 às 18h47min

Quatro novos centros de distribuição irão gerar mil empregos em Minas Gerais

Investimento da empresa Tudobom, anunciado em reunião na Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (Sede), será de R$ 25 milhões

SEGOV - Governo de Minas - Central de Imprensa
O secretário Fábio Cherem e o presidente da empresa, Israel Ferreira, durante reunião na Cidade Administrativa. (Foto:Leonardo Horta)
A instalação de quatro centros de distribuição em Minas Gerais irá gerar, na primeira etapa, mil empregos diretos nas cidades de Montes Claros (Território Norte), Juiz de Fora (Território Mata), Patos de Minas (Território Noroeste) e Belo Horizonte (Território Metropolitano). O investimento é da empresa Tudobom Comercial, que distribui produtos de grandes marcas, como a Nestlé, Bunge e JBS – que detém várias marcas, entre elas a Friboi.  Um dos centros, o de Montes Claros, já em funcionamento, terá as obras finalizadas até o fim de 2017. O total de investimentos será de R$ 25 milhões.
 
De acordo com a empresa, os outros três centros, que irão integrar as atividades já realizadas em Coronel Fabriciano (Vale do Aço), serão construídos no próximo ano. O anúncio do investimento foi feito durante reunião do presidente da Tudobom, Israel Ferreira, com o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fábio Cherem. “Nós queremos que mais empresas tenham condições de expandir suas atividades e prosperem em Minas Gerais, assim como a Tudobom”, afirmou Cherem.  A expectativa é de que a empresa assine o Protocolo de Intenções com o Governo de Minas Gerais ainda neste ano.
 
Incentivo
 
Mesmo com quadro econômico de crise, Israel ressaltou que, no ano passado, a Tudobom  registrou crescimento de R$ 4 milhões em vendas. Com a construção dos quatro centros, a empresa pretende melhorar a operação logística em todo o estado, reduzindo custos e integrando as empresas atendidas.  “Nossa expectativa é crescer ainda mais nos próximos anos. Queremos atuar com as principais regiões, melhorando a logística de distribuição e a qualidade de atuação das empresas mineiras”, destacou Ferreira. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »