21/08/2016 às 13h54min - Atualizada em 21/08/2016 às 13h54min

Fim de semana repleto de atrações culturais em Leopoldina

Teatro, música, poesia, dança, capoeira e diversas atividades foram realizadas no centro da cidade

Texto e Fotos: João Gabriel B. Meneghite
Uma variedade de atrações culturais aconteceu neste final de semana em Leopoldina. Ainda na sexta-feira, 19 de agosto, a Câmara Municipal de Leopoldina ficou lotada para palestra e lançamento do livro “Memórias de um pediatra”, de Antônio Márcio Junqueira Lisboa, promoção da Academia Leopoldinense de Letras e Artes.

Na manhã de sábado, 20 de agosto, eventos simultâneos foram realizados no centro da cidade, proporcionando à população uma variedade de atrações culturais como teatro, música, dança, entre outras.


Na casa de Leitura Lya Botelho, além da exposição ‘Por mares nunca dantes navegados – o século das Grandes Navegações’, foi realizada nas dependências deste importante espaço cultural parte da programação da quinta edição do evento ‘Sou Feliz de Cara Limpa’, com diversificadas apresentações como o coral composto por alunos do Centro Educacional Conhecer, que mantém um projeto denominado ‘Encantar’.

 

No amplo e belo jardim da Casa de Leitura, o grupo ‘Pérola Negra’ demonstrou através da dança uma variedade de ritmos musicais da cultura brasileira. 

Também foi proferida uma palestra com o professor Hudson Rodrigues de Jesus, que demonstrou a importância do esporte como um dos aliados para afastar os jovens das drogas. Daniel Guimarães, voluntário do Grupo Levanta de Novo contou sobre a luta para ressocialização de jovens no projeto que trabalha.

Na Praça João XXIII, múltiplas atividades com o intuito de despertar, esclarecer e incentivar as pessoas para um estilo de vida mais saudável, consciente e distante das drogas também fizeram parte da programação do ‘Sou Feliz de Cara Limpa’, idealizado pela Aliança Municipal Espírita de Leopoldina, mas que em razão da sua importância, abrangência e apelo social, ganhou amplitude, apoios e adesões de outras instituições educacionais, religiosas, privadas, cooperativas, e de vários setores organizados da sociedade leopoldinense, alcançando um caráter plural, apartidário e suprareligioso.

Já na Praça Felix Martins, a APAE de Leopoldina organizou uma programação diversificada em comemoração a Semana Nacional de Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla. O Grupo de Teatro Amador de Leopoldina, voltado para o público infantil, encantou os presentes com a peça do Sítio do Picapau Amarelo. Além do desfile na rua Barão de Cotegipe, que antecederam as atrações, o coreto da praça foi utilizado como palco para as apresentações culturais como a do cantor Robson Werneck, vencedor do Show de Calouros da Expoleo 2016.

No Museu Espaço dos Anjos, localizado na rua Barão de Cotegipe 386 houve o já tradicional sarau, realizado pela Academia Leopoldinense de Letras e Artes onde a música, poesia e arte estão juntas no uma vez por mês, sempre aos sábados. O evento é promovido pela Secretaria Municipal de Cultura, que administra o Museu Espaço dos Anjos, e pela ALLA-Academia Leopoldinense de Letras e Artes. O calendário deste ano foi divulgado com sete datas que tiveram  inicio em maio e vão até  dezembro: 21 de maio, 11 de junho, 09 de julho, 20 de agosto, 17 de setembro, 19 de novembro e 10 de dezembro. De acordo com os organizadores, não há necessidade de inscrição prévia, é só chegar, declamar, cantar, dançar ou contar uma história.

A foto registra um momento no Sarau do Museu Espaço dos Anjos no dia 20 de agosto:  Alice Tavares, Elias Fajardo da Fonseca, Christoff Silva Cirino, Ana Cristina Fajardo, Glaucia Costa, Amanda Almeida, Maria José Baia Meneghite e Dr Ronald Alvim Barbosa.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »