12/10/2016 às 14h01min - Atualizada em 12/10/2016 às 14h01min

Pilates: Entenda como alcançar os resultados esperados

Os objetivos podem ser atingidos a partir de uma compreensão das dificuldades existentes durante a prática da metodologia

O pilates é uma prática de exercícios e alongamentos que envolvem de forma integrada o corpo e a mente. Por ser uma metodologia que não causa impacto físico e que respeita as limitações de seus praticantes, pode ser realizada de forma adequada por todos os grupos sociais. Concentração, consciência corporal, qualidade na respiração, flexibilidade, diminuição do estresse e aumento da disposição são alguns dos benefícios adquiridos com a prática desta metodologia. Por estas razões, a invenção de Joseph Pilates vem ganhando cada vez mais adeptos. Se você é uma destas pessoas que aderiram a esta metodologia, sabe como alcançar os resultados esperados?

Segundo Eduardo Silva, educador físico e sócio proprietário do Espaço Ideal Fitness, esta pergunta pode ser respondida a partir do conhecimento das dificuldades encontradas no caminho de quem quer atingir os seus objetivos. “Tanto no Pilates como em qualquer exercício físico, para atingir os seus resultados esperados, é necessário que você se conheça por inteiro. Além da consciência de seus pontos fortes, é de extrema importância que preste atenção em suas dificuldades. Dessa forma, você consegue superar o que está te impedindo avançar, e, consequentemente, aumentando sua performance”, afirma.

Ainda de acordo com Silva, os principais desafios que dificultam o alcance dos resultados esperados pelos praticantes são as crenças limitadoras, entendimento equivocado do exercício, dificuldade para mudar os hábitos e falta de regularidade.

As crenças limitadoras são sinônimas dos pensamentos negativos. Antes de começar a prática do exercício ou do alongamento, o aluno automaticamente preenche a sua mente com ideias de impedimento, tais como achar que nunca vai conseguir uma boa postura ou que não é flexível o suficiente para realizar algum movimento. “Ninguém nasce sabendo. O aprendizado vem com a força de vontade e com o comprometimento. É necessário estar disposto a praticar para que se adquira o conhecimento. Portanto, é ideal liberar os pensamentos negativos da mente e dar este espaço ao foco”, explica o educador.

Enquanto as ideias limitadoras atrapalham o desempenho do praticante, o entendimento equivocado do exercício causa decepção, o que gera uma diminuição na vontade de praticar. Muitas vezes, a pessoa busca a metodologia do pilates por recomendações médicas ou pessoas próximas que falaram de seus inúmeros benefícios. Então, o futuro praticante chega ao estúdio imaginando que os resultados aparecerão de forma imediata, quando na verdade, é preciso mais do que uma ou duas semanas para sentir os efeitos do exercício.

Outros fatores que dificultam o alcance dos objetivos esperados são a dificuldade em mudar os hábitos e a falta de regularidade. Como o pilates é responsável por proporcionar melhorias nos corpos dos praticantes, o comprometimento em realizar atividades e movimentos deve ser feito dentro e fora das aulas. Portanto, uma pessoa que está acostumada a dormir de um determinado jeito que prejudica alguma de suas partes corporais, deve mudar este costume. Por sua vez, a falta de regularidade é uma das maiores aliadas do não atingimento das metas. Se você não pratica com frequência, não consegue internalizar os movimentos e nem progredir. 

“No fim, todos esses pontos estão interligados e necessitam das mesmas características: comprometimento, paciência e força de vontade”, complementa Silva.

Assessoria de Imprensa-Karin Dalle e Mayra Ribeiro
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »