30/10/2016 às 19h35min - Atualizada em 30/10/2016 às 19h35min

Eleição de Kalil em BH representa mais uma derrota para Aécio Neves

Jornal do Brasil
Alex de Jesus/O Tempo

O empresário Alexandre Kalil (PHS) venceu a disputa para a prefeitura da BeloHorizonte. Com 95,15% das urnas apuradas, o ex-presidente do clube de futebol Atlético Mineiro soma 53,31% dos votos válidos e não pode mais se alcançado por João Leite (PSDB), que tem 46,69% dos votos. As abstenções representam 22,48% dos votos, os votos nulos são 4,86% e os brancos 15,53%.

O tucano João Leite era apoiado pelo presidente do PSDB, Aécio Neves, que tem em Minas Gerais seu reduto eleitoral. Contudo, esta foi a sua segunda derrota no estado, já que em 2014 Fernando Pimentel, do PT, foi eleito governador de MG. Com isso, a força política de Aécio para uma eventual candidatura pelo PSDB à corrida presidencial de 2018 fica comprometida.

Kalil

Aos 57 anos, Alexandre Kalil (PHS) disputa uma eleição pela primeira vez. A campanha dele foi marcada pelo lema de que não é político e sim empresário. Natural de Belo Horizonte, foi presidente do Atlético-MG de 2008 a 2014. Durante sua gestão, o clube contratou Ronaldinho Gaúcho e foi campeão da Copa Libertadores da América, em 2013, considerado o maior título da história do time mineiro.

Crítico da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o ex-dirigente liderou a criação da Primeira Liga, que organizou no início deste ano uma competição com clubes de Minas Gerais, do Rio de Janeiro e dos estados do sul do país.

Graduado em engenharia civil, Kalil é sócio da empresa Erkal Engenharia. Em 2014, chegou a registrar-se como candidato pelo PSB a deputado federal, mas desistiu do pleito após a morte de Eduardo Campos, que disputava a Presidência da República pelo mesmo partido.

O vice na chapa da Kalil é Paulo Lamac (Rede), também natural da capital mineira.

Com Agência Brasil


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »