02/11/2016 às 09h27min - Atualizada em 02/11/2016 às 09h27min

Qual a pavimentação ideal para as ruas de Leopoldina?

Luiz Otávio Meneghite
Sempre fizemos questão de deixar claro que a maioria das enquetes pautadas pelo jornal Leopoldinense tem origem em sugestões de seus leitores que se manifestam via facebook, por e-mail, telefone ou pessoalmente com o pessoal da redação.

Sempre que alguma matéria aborda problemas com a pavimentação de nossas ruas e avenidas surgem opiniões de que para acabar com os buracos da cidade deveria ser adotado o piso de asfalto. Mas a idéia encontra resistência de boa parte da população que prefere o calçamento tradicional em paralelepípedos.

 
Recentemente, fizeram uma experiência com bloquetes intertravados, mas estes não foram aprovados para vias com muito trânsito, apresentando desgaste com pouco tempo de uso. Muita gente acredita que os bloquetes são mais indicados para áreas internas onde o trânsito de veículos é moderado ou em praças. Mas há quem goste desse tipo de pavimentação.
 
Como a maioria das cidades do interior, Leopoldina tem quase a totalidade de suas ruas pavimentadas com paralelepípedos há dezenas de anos, algumas há quase um século, o que comprova a sua resistência, se encontrando em perfeito estado de conservação, parecendo ter sido feitos recentemente. Mas é preciso manutenção permanente feita por profissionais especializados, chamados calceteiros, caso contrário o serviço não dura muito tempo e a cada reparo sobram pedras.
Presidente Carlos Luz sem manutenção
Em outras vias da cidade, onde a pavimentação em paralelepípedos precisa ser totalmente refeita, reparos de mau gosto tem sido feitos com utilização de massa asfáltica.
Remendo feito com asfalto em rua de paralelepípedos
Existem trechos onde dá para se ver o encontro de três tipos de pavimentação: asfalto, bloquetes e paralelepípedos revelando uma verdadeira colcha de retalhos o que, convenhamos, não resulta numa boa imagem.

Este ano, a avenida dos Expedicionários, que é totalmente asfaltada, passou por uma revitalização e ao longo de sua extensão foram introduzidas algumas travessias de pedestres com utilização de bloquetes intertravados. Em alguns pontos já foram feitas obras necessárias na infraestrutura que fica subterrânea e os remendos já começam a surgir.

Na avenida Acácio Serpa, onde a pavimentação foi totalmente feita em bloquetes, em pouco tempo o piso ficou enrugado e com afundamentos sugerindo que o seu preparo antes da pavimentação não foi feito adequadamente.

Piso em bloquetes na avenida Acácio Serpa
O transeunte mais observador vai encontrar dezenas de problemas na pavimentação das ruas e avenidas da cidade de Leopoldina, seja com asfalto, paralelepípedos ou bloquetes. Com várias manifestações de leitores chegadas à redação, o jornal Leopoldinense coloca em pauta a seguinte enquete:

CLIQUE PARA VOTAR
Qual a pavimentação ideal para as ruas de Leopoldina?

-Asfalto
-Paralelepípedos
-Bloquetes intertravados
-Qualquer uma delas, mas com manutenção permanente.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »