29/11/2016 às 15h21min - Atualizada em 29/11/2016 às 15h21min

Fernando Pimentel participa da abertura da Expocatadores e cria Grupo de Trabalho para estimular setor

Evento marca 15 anos do Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis e conta com a presença de trabalhadores do Brasil e da América Latina

FOTO: Marcelo Sant’Anna / Imprensa MG
O governador Fernando Pimentel participou na noite dessa segunda-feira (28/11), no Centro Mineiro de Referência em Resíduos, em Belo Horizonte, da abertura da 7ª edição da Expocatadores. Ele esteve acompanhando do ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva. É a primeira vez que a capital mineira recebe o evento, que contou com a presença de catadores de materiais recicláveis de todo o Brasil e de outros países da América Latina.

Na ocasião, Pimentel assinou um decreto que instituiu a criação de um Grupo de Trabalho para promover estudos e propostas para o desenvolvimento da cadeia produtiva da reciclagem em Minas Gerais e a inclusão socioprodutiva de catadores de matérias recicláveis. O governador ressaltou o apoio ao Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, que completa 15 anos.

 “É uma emoção muito grande de estar com vocês e com o Lula, ver como o movimento se firmou e se consolidou nesses 15 anos. Eu sou testemunha disso tudo quando cheguei à Prefeitura de Belo Horizonte lá atrás, em 1993, quando elegemos o Patrus Ananias. Esse apoio continuou com o doutor Célio de Castro, que foi um parceiro do movimento. Depois eu fui prefeito e continuei apoiando e agora com muita luta chegamos ao Governo do Estado”, afirmou. Para Pimentel, a sociedade deve se inspirar nos catadores de materiais recicláveis para buscar esperança nos momentos difíceis.

O ex-presidente Lula relembrou as políticas públicas voltadas para os catadores durante seu mandato à frente da Presidência da República, entre elas a sanção da Política Nacional de Resíduos Sólidos, que prevê a redução na geração de resíduos, tendo como proposta a prática de hábitos de consumo sustentável e um conjunto de instrumentos para propiciar o aumento da reciclagem.

“Eu lembro quando criamos a Lei Nacional do Saneamento Básico (2007), que prioriza as cooperativas na coleta seletiva. Eu lembro da Medida Provisória que deu incentivos fiscais aos empresários que comprassem materiais recolhidos por catadores. Mas a coisa mais sagrada que vocês conquistaram foi a dignidade, foi o direito de andar de cabeça erguida”, afirmou Lula.

Diversas autoridades e lideranças compareceram ao encontro. Entre eles o ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, e os secretários de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, Rosilene Rocha, de Educação, Macaé Evaristo; Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães; e de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania, Nilmário Miranda.


SEGOV - Governo de Minas - Central de Imprensa
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »