29/12/2016 às 13h51min - Atualizada em 29/12/2016 às 13h51min

Banda Musical Princesa Leopoldina faz balanço de sua atuação em 2016

Corporação tem orgulho dos valores revelados em Leopoldina para corporações como Aeronáutica, Exército e Polícia Militar.

Edição: Luiz Otávio Meneghite
 A Banda Musical Princesa Leopoldina, começou o ano sob a regência do maestro Paulo Roberto Cruz Gomes, que interrompeu o seu trabalho para participar do Curso de Habilitação de Oficiais na Academia da Polícia Militar de Minas Gerais, em  Belo Horizonte sendo substituído pelo maestro Bruno Estêvão, que  deu continuidade ao seu trabalho, fazendo belíssimas apresentações em toda a região do entorno de Leopoldina, impulsionadas pela Lei Estadual de Incentivo a Cultura através do Governo de Minas, com o Patrocínio Master da Energisa e da Fundação Ormeo Junqueira Botelho. Não se deve deixar de registrar também a doação de sucos Bela Ischia que a empresa concedeu para a Banda no decorrer do ano.
 
O projeto tem por objetivo obter parceiros, que através do incentivo financeiro, destinem recursos para manutenção, viagens e apresentações da Banda Musical Princesa Leopoldina, e também acredite na música como instrumento de integração social, viabilizando assim, a continuidade do trabalho já realizado.

Com 17 anos de história, a Banda Musical Princesa Leopoldina tem se dedicado ao desenvolvimento de atividades de formação musical de jovens e adultos da comunidade de Leopoldina e região.

A BMPL iniciou e terminou 2016 com cerca de 30 alunos de percepção musical, aulas de instrumentos com ensaios reunindo crianças, adolescentes e adultos com  aulas de musicalização da Professora Lionai Barbosa Gomes, com sucesso total cumprindo toda agenda programada e com mais inscrições na fila de espera para 2017. Trata-se de um projeto vitorioso que a cada ano que passa desperta o interesse de mais pessoas pela música, fortalecendo a tradição mineira musical que são as bandas de música.


O principal objetivo da Banda Musical Princesa Leopoldina é o resgate e incentivo da juventude de Leopoldina e de toda a região para o aprendizado da música, bem como a integração social por meio de apresentações voltadas aos mais variados públicos. O Projeto oferece aulas gratuitas de Percepção Musical, Flauta Transversa, Clarinete, Saxofone, Trumpet,  Trombone, Tuba, Bombardino, Baixo Elétrico  e Percussão.

A Banda Musical Princesa Leopoldina se orgulha por ser, desde sua fundação em 15 de julho de 1999, destaque na formação e valorização dos músicos, preservando a cultura musical, característica do Estado de Minas. Pelas salas de aula da Banda Musical Princesa Leopoldina já se formaram diversos alunos,  que hoje  estão na Aeronáutica, no Exército Brasileiro e na Polícia Militar de Minas Gerais, que proporcionam grande orgulho à instituição onde aprenderam a tocar os instrumentos musicais que hoje dominam com maestria.

Conheça alguns deles


Wesley Silveira Coelho, 2º Sargento SMU 22 Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica, em Belo Horizonte;


André Pacífico Matheus, 3º Sargento Músico do Exército Brasileiro em Manaus, Amazonas;


Misael Antonio Ferreira, 3º Sargento Músico do Exército Brasileiro em Porto Alegre RS;


Sandro César Ribeiro Lima, Músico do Exército Brasileiro em  Lorena SP;

Letícia Ferreira Corrêa, Soldado Músico da PMMG;


José Lopes Maciel Neto, Músico do Exército Brasileiro em Juiz de Fora MG;


Cadete Sandro Aloísio Matilde Júnior, Corpo de Bombeiros MG;


Sara do Patrocínio Simões, graduanda no curso de Bacharelado em Música pela Universidade do Estado de Minas Gerais, Flautista na Banda Musical Nossa Senhora do Carmo, em  Betim-MG, Flautista na Banda Sinfônica da ESMU/UEMG e Flautista na Flutuar Orquestra de Flautas;


Nathalia Almeida, Soldado Músico da PMMG em Juiz de Fora ;


Weslen Martins, Músico do Exército Brasileiro em Petrópolis RJ;


Paulo Roberto Cruz Gomes, Curso de Habilitação de Oficiais na Academia da Polícia Militar de Minas Gerais, em  Belo Horizonte;


Bruno Roberto Pereira Cruz, professor de trombone de vara e maestro da Lira Musical 1º de Maio;




Ronaldo Paz de Oliveira, professor de percussão da Banda Musical Princesa Leopoldina;


Davidson Bronzato Liberato, professor de metais da Banda Musical Princesa Leopoldina e músico da Banda Hey Joe ganhadora de vários festivais no País;


Bruno Estêvão Regente e professor de saxofone na Banda Musical Princesa Leopoldina e Professor de saxofone no Conservatório Estadual Lia Salgado Leopoldina MG.

Derlan Andrade, professor de contra baixo da Banda Musical Princesa Leopoldina, músico da Banda Isaias 9 e


Elias Lopes dos Santos, saxofonista e professor de clarinete da Banda Musical Princesa Leopoldina, músico atuante na região tocando com várias bandas e grupos musicais.
 
Fonte: Banda Musical Princesa Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »