19/08/2019

Evento realizado em Leopoldina é referência na luta por uma vida saudável longe das drogas.

Pessoas

Historicamente o Brasil desenvolve ações com enfoque no combate e punição aos usuários de drogas. O tema teve uma perspectiva diferente quando se passou a discuti-lo tanto como um problema de segurança pública quanto de saúde. Apesar da falta de políticas públicas mais abrangentes para os dependentes de drogas, principalmente no interior, alguns programas vêm se destacando em diversas regiões do Brasil. No município de Leopoldina existem grupos que dão suporte aos usuários que buscam ajuda, bem como aos seus familiares, a exemplo do AA – Alcoólicos Anônimos e o ‘Levanta de Novo’. O Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) também realiza um trabalho importante com pessoas com necessidades relacionadas a transtornos mentais, além daquelas com quadro de uso nocivo e dependência de substâncias psicoativas. Além disso, algumas ações como o evento ‘Sou Feliz de Cara Lima’ tem sido uma referência nesta luta que envolve diversas entidades de Leopoldina, se unindo com o objetivo de estimular nas pessoas o interesse por uma vida mais saudável. A culminância do projeto aconteceu no dia 17 de agosto, na Praça Felix Martins, no centro da cidade, onde foram montados estandes com demonstração de trabalhos escolares, apresentações culturais, atividades de lazer, englobando temas como cultura, arte, esportes, literatura, poesia e música. Também são realizadas diversas ações como passeio ciclístico, palestras, concursos de redação, fotografias, entre outros. Neste ano, a campanha anual de conscientização e valorização da vida denominada 'Sou Feliz de Cara Limpa' chegou a sua oitava edição. Os organizadores são Aliança Municipal Espírita, Centro Conhecer de Educação e Cultura e Superintendência Regional de Ensino de Leopoldina. O evento não tem nenhum vínculo partidário ou religioso e é sem fins lucrativos.

Link
Assista também »
Comentários »