24/03/2017 às 07h30min - Atualizada em 24/03/2017 às 07h30min

Promotor de Justiça é transferido de Leopoldina para Cataguases

Dr. Gustavo permaneceu 11 anos em Leopoldina participando de mais de 100 sessões do Tribunal do Júri, número registrado como sendo o maior da história da Comarca.

Edição: Luiz Otávio Meneghite
Promotor Dr. Gustavo Garcia Araújo atuou em mais de 100 júris em Leopoldina
O Promotor de Justiça Gustavo Garcia Araújo, que era responsável pela Promotoria Criminal da Comarca de Leopoldina, acaba de ser transferido para a Comarca de Cataguases onde passou a ser responsável pelas Promotorias do Meio Ambiente e da Infância e da Juventude, desde o dia 21 de março.
 
O Dr. Gustavo Garcia Araújo chegou a Leopoldina no início de 2006, vindo promovido da Comarca de Manhumirim. Aqui, ele foi o responsável pela Promotoria Criminal, pela Execução Penal, Controle Externo da Atividade Policial, Direitos Humanos, Apoio Comunitário e Conflitos Agrários e Crimes Contra a Ordem Econômica e Tributária, entre outras atividades, como a fiscalização das Eleições de 2012.
 
Falando ao jornal Leopoldinense o Dr. Gustavo recordou-se de que ao longo dos 11 anos que trabalhou em Leopoldina ele participou de mais de 100 sessões do tribunal do Júri, número registrado como sendo o maior da história da Comarca, além de ter participado de milhares de audiências que ocorriam todos os dias e de centenas de operações de combate ao tráfico de drogas, homicídios, exploração sexual de menores e combate à corrupção.
 
O Dr. Gustavo também teve atuação crucial na seara administrativa do Ministério Público de Leopoldina, logrando êxito junto ao Comando do MPMG na aquisição do terreno na rua Geraldo Campanha, onde será construída a futura sede da instituição, bem como a transferência de todos os promotores de justiça da comarca para o atual Fórum de Leopoldina, onde o Ministério Público conta com uma das melhores estruturas do Estado de Minas Gerais.
  
Falando com orgulho de ter recebido o título de Cidadão Honorário de Leopoldina, o Dr. Gustavo Garcia Araújo explicou o motivo de sua transferência: “Resolvi voltar para minha cidade natal, eis que ao longo de 11 anos me deslocava de Cataguases para Leopoldina/Cataguases todos os dias, o que, ao final de mais de uma década passou a ser cansativo, além dos riscos da estrada. Houve a oportunidade de voltar para Cataguases e aproveitei a chance. Agradeço a oportunidade de ter feito muitos amigos em Leopoldina, de ter trabalhado ao lado de servidores maravilhosos, de ter feito boas parcerias, como as faculdades Doctum para a realização de palestras e de sempre ter recebido o respeito da classe dos Advogados e de Juízes da Comarca. A Promotora de Justiça que assume em Leopoldina, é a Dra Soraya da Silva Guedes Nascimento. Trata-se de uma pessoa maravilhosa, exemplo de conduta ética e profissional dentro do Ministério Público, tendo deixado a 4ª Promotoria Criminal em excelentes mãos”, finalizou.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »