03/07/2017 às 08h50min - Atualizada em 03/07/2017 às 08h50min

Estamos acabando com nosso país

Luíza Meneghite Cezar
Luíza Meneghite Cezar, 11 anos, aluna do 6º ano do CIC Leopoldina  
 Ele não tem culpa de nada, a culpa é da gente. A culpa é de quem tem e não sabe desfrutar com cuidado, carinho e respeito. O planeta em que vivemos está sofrendo, está acabando! Mas não dá para acreditar que ainda tem gente que não entendeu que todo mundo tem que ajudar, mesmo com simples gestos.

   Ultimamente eu venho pensando como vai ser a vida das futuras gerações; se elas vão ter água para beber, se vão ter o que comer. Mas também venho pensando, que com toda essa tecnologia, com toda essa inteligência que temos, não podemos cometer atos que podem acabar com os recursos que necessitamos para a nossa sobrevivência. Não podemos deixar que essa mania que temos de falar: Não adianta eu mudar, parando de poluir, de ser corrupto e de desmatar, se todo mundo continua poluindo, desmatando e sendo corrupto.

  Com certeza, muitos de nós já devem ter escutado alguém falar com a gente que não somos todo mundo, que temos que ter opinião própria, pois se a gente seguir a cabeça dos outros e fazer o que é errado, estaremos nos prejudicando. Se quisermos ser todo mundo, não vamos poder mostrar para as futuras gerações todas as coisas boas que temos em nosso país, e eles só vão ver corrupção, desmatamento, brigas, protestos e vão falar com certeza: Eu não aguento mais esse lugar!

   E quando nós escutarmos alguém falando isso, vamos falar: Como eu queria cantar nosso hino e poder mostrar para todos que o Brasil é um país maravilhoso e que sim, entre outras mil és tu, Brasil ó pátria amada! Dos filhos deste solo és mãe gentil, pátria amada Brasil!  

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »