25/06/2014 às 14h25min - Atualizada em 25/06/2014 às 14h25min

No embalo de Super Mário RJ conquista título regional

Goleiro Mário Jr faz grandes defesas e vira herói na decisão por pênaltis

Em pé: Juquinha, Jairo, Adriano, Ítalo, Bruno Britto, Neguete, Nill, Riquinho, Breguete, Ramires, Maicon, Mario Jr, Gilberto, Guto, Zé do Carmo e Bira. Agachados: Taal, Zé Rodolpho, Neto, Matheus, Glauquer, Fred, Bill e Felipe Canavan.

O E.C.Ribeiro Junqueira conquistou o título da Copa dos Campeões, torneio regional organizado pela Liga Esportiva de Cataguases. No primeiro jogo da final realizado em Leopoldina no dia (31/05) o RJ empatou em 1x1 com o União de Laranjal. A conquista do título foi na casa do adversário, na cidade de Laranjal, estádio do XV de Novembro, neste sábado (07/06).

No tempo regulamentar o jogo terminou empatado em 1x1. A decisão foi para os pênaltis, com vitória do E.C.Ribeiro Junqueira, que há anos não conquistava um título regional.

 

 

O JOGO

No primeiro tempo, o time do União tentou pressionar nos primeiros minutos, mas a qualidade técnica da equipe do RJ superou a vontade do adversário de abrir o placar. O rubro negro leopoldinense dominou a primeira etapa com posse de bola. O meia Nill chutou várias vezes de fora da área apresentando perigo ao gol do União, com chutes fortes com efeitos.  Aos 39 minutos do primeiro tempo, o atacante do RJ Fred veio em velocidade pela direita, invadiu a área e chutou forte no canto esquerdo do goleiro, marcando um a zero para o time de Leopoldina. Já no final do primeiro tempo, aos 43 minutos, o zagueiro Ítalo foi tentar sair jogando e perdeu a bola para Jessé, que chutou forte sem chances de defesa para o goleiro Mário Jr, empatando o jogo.

No segundo tempo o União fechou a zaga, não dando oportunidades para o RJ penetrar e aos poucos foi tomando conta do jogo com o articulação do meia atacante Jessé, responsável por fazer com que a bola chegasse com qualidade ao ataque adversário.

O União de Laranjal teve a oportunidades de ampliar e conquistar o título, mas perdeu muitas oportunidades. A lateral direita do RJ estava aberta e o time adversário chegava com perigo por aquele setor em diversos lances. Aos 40 minutos Dendê recebe pela direita, invade a área e quase amplia com um chute forte no canto esquerdo, mas o goleiro Mário Jr fez grande defesa.

No final do jogo, o União teve mais duas oportunidades de virar. Uma foi quando Jessé recebeu livre na pequena área, sem marcação e escorou para o gol, mas o goleiro estava esperto e pegou no reflexo. A outra foi com Léo Medeiros, que chutou de perna esquerda de fora da área e a bola bateu no travessão.

TUMULTO

Um início de tumulto, que foi contido por jogadores mais sensatos das duas equipes aconteceu após o término do segundo tempo. Jogadores do RJ alegaram que o meia do União Léo Medeiros tem mania de tentar pressionar o árbitros em algumas decisões. Alguns jogadores ficaram revoltados e partiram para cima, sendo contidos pelos próprios companheiros. O jogador Léo Medeiros, que também já jogou pelo clube de Leopoldina levou na brincadeira e gritou: "Tira o Juquinha", referindo-se ao dirigente Ivaldo Pereira (Juquinha), que entrou em campo para conter alguns de seus jogadores. O árbitro Élvio Carlos Sipião expulsou dois jogadores de cada lado: Henrique e Bruno do RJ e Mateus e Vinicim do União.


PENALIDADES 

E.C.Ribeiro Junqueira

União Futebol Clube

Nill – Gol

Léo Medeiros - Gol

Canavan – Gol

Peixoto - perdeu

Zé Rodolfo – Gol

Tarta - Gol

Bill – Gol

Arthur - Gol

Fred - Gol

Jessé - Gol

CARINHO DA TORCIDA

Muitos jogadores que atuaram para o E.C.Ribeiro Junqueira no torneio ficaram impressionados com o carinho da torcida.  Isso porque torcedores apresentaram gestos que ficarão na lembrança deles para o resto da vida. São várias situações em que o torcedor do Ribeiro Junqueira demonstrou ao longo do torneio. Dois exemplos que ficaram marcados foi o apelido dado ao goleiro Mário Jr, um dos grandes destaques do torneio, que carinhosamente é chamado de Super Mário em virtudes de grandes defesas e por fechar o gol em momentos decisivos de penalidades.

Uma singela homenagem percebida por poucos e que o jornal Leopoldinense fez questão de registrar foi a do Sr. Manoel Carroceiro, que comprou um presente para o atacante do RJ Fred. Sr. Manoel comentou com o jogador que o presente é simples, mas é de coração. O jogador agradeceu ao torcedor e disse estar impressionado com o carinho da torcida de Leopoldina com os jogadores e que esse apoio foi fundamental para motivação dos jogadores.


<font face="Verdana, Arial, Helvetica, sans-serif" "="">O atacante Fred ladeado pelo Sr. Manoel (de boné) 
e Jaime (Liga de Leopoldina)

 

 

 

TIME E.C.RIBEIRO JUNQUEIRA

Em pé: Juquinha, Jairo, Adriano, Ítalo, Bruno Britto, Neguete, Nill, Riquinho, Breguete, Ramires, Maicon, Mario Jr, Gilberto, Guto, Zé do Carmo e Bira.  Agachados: Taal, Zé Rodolpho, Neto, Matheus, Glauquer, Fred, Bill e Felipe Canavan.

TIME UNIÃO FUTEBOL CLUBE

Em pé: Juninho, Gum, Léo Medeiros, Hernani, Zé Romário, Arthur, Peixoto, Zé Thomas, Bahia, Salvador, Zé Mauro e Thiago. Agachados: Dendê, Vinicim, Geovani, Bi Jr, Rodriguim, Renatim, Hugo, Tarta, Jessé e Mateus.

 

Premiações

As organizações Elder Abreu, patrocinadora do torneio ofertou prêmios em cheques para as premiações da Liga Esportiva de Cataguases, sendo a equipe campeã contemplada com um cheque de R$8.000,00.


Troféus:

Campeão: E.C.Ribeiro Junqueira

Vice-campeão: União Futebol Clube

Artilheiro: Mateus (E.C.Ribeiro Junqueira)

Melhor goleiro: Mário Jr. (E.C.Ribeiro Junqueira)

Participação: Liga Esportiva de Leopoldina

Disciplina: E.C.Ribeiro Junqueira

Jogador destaque campeonato: Igor Silva (Esperança de Santana de Cataguases)


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »