09/12/2017 às 16h44min - Atualizada em 09/12/2017 às 16h44min

Prefeito anuncia implantação de novo curso superior e restaurante popular no Cefet-Leopoldina

Os dois pleitos fizeram parte do acordo feito entre o Município e o Cefet por ocasião da cessão da área do SESI à escola.

Edição> Luiz Otávio Meneghite
O prefeito José Roberto acompanhado dos vereadores Ivan Nogueira, Hélio Braga, Kélvia Raquel e Helvécio Barbosa.
Durante a entrevista coletiva concedida pelo prefeito José Roberto de Oliveira, na tarde de quinta-feira, 7 de dezembro, no Centro Cultural Mauro de Almeida Pereira, ele anunciou que o Cefet/Leopoldina terá novo curso superior na área de engenharia no segundo semestre de 2018. A dúvida, segundo o prefeito, é quanto à especialidade do curso de engenharia. Outra notícia relacionada ao Cefet anunciada pelo prefeito foi a instalação naquela escola de um restaurante popular cujo projeto já foi aprovado e aguardava apenas autorização superior.

Para refrescar a memória



No dia 10 de abril deste ano, acompanhado dos secretários municipais Valter de Matos e Luiz Cabral, o prefeito fez uma visita à direção do Cefet-Leopoldina com o objetivo específico de fazer cobranças para atender as demandas dos jovens leopoldinenses e de olho no desenvolvimento local.

Durante o encontro com o diretor Douglas Martins, o prefeito cobrou a implantação de um novo curso superior de Engenharia, uma vez que há escassez destes profissionais para atender a forte demanda do mercado, estimada hoje em 80.000 novos engenheiros por ano. Desta forma, segundo o prefeito, “Leopoldina, a Athenas da Zona da Mata se fortaleceria ainda mais como cidade universitária e geradora de excelentes profissionais”, assinalou.

Durante a conversa, o prefeito solicitou também a construção de um restaurante popular para os alunos, o que seria de crucial importância, principalmente para os estudantes mais desprivilegiados financeiramente que conseguem superar a barreira do vestibular e ingressar em uma universidade federal de qualidade. Para o prefeito José Roberto,“a relevância de um restaurante popular não se limita a ser um local para servir refeição, mas também um local de inclusão, solidariedade e aprendizado”, observou.

Naquela ocasião, Douglas disse ao prefeito “ambos os projetos estão prontos, apenas aguardando a autorização superior para o início das mesmas”,o que aconteceu agora.

Os projetos cobrados pelo prefeito fizeram parte do acordo celebrado entre o Município e o CEFET para sua ampliação como uma compensação à doação das instalações e terreno que abrigava a unidade do SESI Leopoldina.

Fonte: Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »