24/01/2018 às 10h42min - Atualizada em 24/01/2018 às 10h42min

Leopoldinense realiza trabalhos com imagens aéreas de Búzios e Leopoldina.

Ele está fora de Leopoldina por questões de trabalho e crescimento profissional, porém ama a cidade e sonha um dia voltar.

O leopoldinense Pablo Reis Teodoro, de 39 anos, radicado no município de Armação dos Búzios, na Microrregião dos Lagos do Estado do Rio de Janeiro, lançou um canal no Youtube onde divulga suas imagens aéreas da península com oito quilômetros de extensão e 23 praias visitadas por turistas do mundo inteiro.
 
Apaixonado por Leopoldina, ele também iniciou trabalhos registrando cartões postais de sua cidade natal, a exemplo da Catedral de São Sebastião, cuja imagens foram reproduzidas no documentário recentemente lançado pelo jornal Leopoldinense sobre aquele templo católico. 

Pablo trabalha embarcado numa empresa terceirizada da Petrobrás, no município de Macaé e tem como hobby registrar imagens com o seu drone. Além de filmar as belezas das praias de Búzios em seu Canal denominado Visual Drone Búzios, pretende intensificar trabalhos em Leopoldina.

“Faço filmagens como diversão, mas pretendo me qualificar na área e fazer disso uma profissão. Quero fazer um curso de Técnico de Geoprocessamento e trabalhar com aerofotogrametria, inspeção ambiental e construção civil, geoprocessamento utilizando Drones (que farão as fotos e mapas digitais). Há uma demanda em crescimento no país por profissionais capacitados e posso unir a paixão pelo hobby com o lado profissional”, comentou. 

Ele está fora de Leopoldina por questões de trabalho e crescimento profissional, porém ama a cidade e sonha um dia voltar. “Leopoldina é uma boa cidade para se viver, infelizmente ruim para se trabalhar. É uma pena que os jovens tenham que ir para outros lugares para conquistar seus objetivos acadêmicos e profissionais, mas espero um dia que esse panorama mude”, comentou. Ele salientou ainda que existem atrativos econômicos, turísticos e pontos geológicos como o Morro do Cruzeiro e cachoeiras que deveriam ser pautas frequentes da agenda política local nos assuntos que envolvam o crescimento de Leopoldina. 

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »