16/03/2018 às 18h55min - Atualizada em 16/03/2018 às 18h55min

Leopoldina firma parcerias em busca de novas alternativas para o Produtor Rural

A cultura do café Conilon, poderá se constituir em uma grande alternativa socioeconômica para o setor agropecuário do município, gerando emprego e renda.

Produtores rurais estão demonstrando interesse em cultivar a variedade de café em Leopoldina.
Kalon Moraes/Assessoria de Imprensa da PML
 
A Secretaria Municipal de Agricultura de Leopoldina tem buscado através de parcerias com o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, EMATER e EPAMIG, novas alternativas que impulsionem a economia principalmente no meio rural.  
 
No último dia 12 de março, a EMATER-Leopoldina, promoveu uma importante excursão técnica no município de Lajinha-MG., para conhecer lavouras e viveiros de mudas do café Conilon. A Secretaria Municipal de Agricultura, foi representada pelo presidente Juberto Camargo do CMDRS, em virtude de compromissos do secretário Alfredo Mendes do Vale. 
 
Participaram também desta excursão, os técnicos da EMATER-MG e EPAMIG, além de alguns produtores rurais que estão demonstrando interesse em cultivar esta variedade de café em Leopoldina. 
 
Segundo o extensionistaCimar Onofre Barbosa, "além da EPAMIG e do CMDRS, a Prefeitura, através de sua Secretaria Municipal de Agricultura, tem trabalhado em parceria com a EMATER-MG, e é a mola mestra, para a efetivação deste projeto", destaca Cimar. 
 
A cultura do café Conilon, poderá se constituir em uma grande alternativa socioeconômica para o setor agropecuário do município, gerando emprego durante todo o seu ciclo e rentabilidade comprovada, devido à expansão desta qualidade de café no mercado interno e externo. 
 
Esta variedade, segundo pesquisadores da EPAMIG, adapta-se perfeitamente no município de Leopoldina, pois o seu pleno desenvolvimento, está condicionado à altitude abaixo de 400 metros. 
 
O café Conilon é uma espécie mais rústica e possui vantagens sobre o café Arábica, com maior resistência a doenças e pragas, possui também, maior teor de cafeína e alta produtividade, que dependendo do material genético, chega a produzir três vezes mais que o café Arábica.  
 
A Fazenda Experimental da EPAMIG em Leopoldina, possui um experimento com clones deste café, onde será realizado um Dia de Campo, para que os produtores rurais do município e região, possam conhecer a realidade desta planta em nosso município.
 
Objetivando divulgar e apresentar as tecnologias apropriadas para o cultivo desta variedade, em nosso município, a EPAMIG, EMATER, CMDRS e Secretaria Municipal de Agricultura, vão promover este importante dia de Campo num futuro breve.
 
"Através desta rede de parcerias, envolvendo a Prefeitura, CMDRS e órgãos ligados ao setor agropecuário, será possível desenvolver no município, outras alternativas além da pecuária leiteira, "sem uma atrapalhar a outra", pois a região ainda possui grandes potencialidades como, proximidade de grandes mercados consumidores, clima e disponibilidade hídrica" ressaltou Cimar Onofre.
 
“A EMATER possui conhecimentos, nós temos as máquinas e o comprometimento necessários para promover ações de grande relevância para a promoção do Produtor Rural. Com o desenvolvimento de um novo segmento no município, nós poderemos impulsionar a economia, gerando novos empregos e melhorando a renda do trabalhador rural", destacou o secretário Alfredo Mendes do Vale. 


Viveiro de mudas do café conilon
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »