03/04/2018 às 09h39min - Atualizada em 03/04/2018 às 09h39min

Prefeitura vai contratar profissionais temporários para atendimento ao Minha Casa Minha Vida.

O preenchimento das vagas será feito, prioritariamente, por candidatos classificados no concurso público que ainda está em vigor, respeitada a ordem classificatória.

Edição> Luiz Otávio Meneghite
315 unidades habitacionais foram construídas em Leopoldina
O Diário Oficial dos Municípios Mineiros publicou em sua edição nº 2222, nesta terça-feira, 3 de abril, ato assinado pelo prefeito José Roberto de Oliveira, autorizando a contratação temporária de pessoal para atender ao Programa Minha Casa, Minha Vida, que está prestes a entregar 315 unidades habitacionais em Leopoldina.

O ato foi embasado na Lei Municipal 2.620/1994 permite a contratação temporária de servidor público para atender a Execução de programas especiais de trabalho instituídos, mas que exige Decreto do Prefeito.

Segundo o Decreto publicado, ao todo serão contratados 09 profissionais pelo prazo máximo de 06 meses. Foram relacionados para contratação 01 Comunicador Social, 03 Assistentes Sociais, 02 Psicólogos, 01 Advogado, 01 Auxiliar Administrativo e 01 Auxiliar de Serviços Gerais.

De acordo com o ato oficial, o preenchimento das vagas será feito, prioritariamente, por candidatos classificados no concurso público que ainda está em vigor, respeitada a ordem classificatória.Não existindo cadastro reserva com a qualificação necessária para desenvolvimento da função ou, existindo, os classificados não manifestem interesse na contratação temporária, será feita a contratação através de Processo Seletivo Simplificado, desde já autorizado.

Os cargos a serem preenchidos serão remunerados tendo por base os vencimentos da categoria, proporcional à carga horária fixada para cada um, com direito a vale transporte e auxílio Alimentação.

Fonte>Diário Oficial dos Municípios Mineiros


 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »