14/05/2018 às 17h54min - Atualizada em 14/05/2018 às 17h54min

Em Leopoldina 14 mil pessoas fazem uso de tranquilizantes diariamente

Revelação foi feita em Resolução do Conselho Municipal de Saúde de Leopoldina aprovando a compra de Clonazepan, conhecido pelo nome comercial de Rivotril.

Edição> Luiz Otávio Meneghite
O medicamento Clonazepan, muito conhecido com o nome comercial de Rivotril, e nas versões genéricas com os nomes de Clonatril, Clopam, Navotrax ou Clonasun, utilizado para tratar transtornos psicológicos e neurológicos, como crises epilépticas ou ansiedade, devido à sua ação anticonvulsivante, relaxamento muscular e tranquilizante, atende 14 mil pessoas de forma contínua no município de Leopoldina com média anual de 420 mil comprimidos.

A revelação foi feita em publicação oficial do Conselho Municipal de Saúde de Leopoldina, através da Resolução CMS 01/2018, embasada na Lei Federal 8.142/90, e na Lei Municipal nº 3.703/2006, publicada na edição 2250, desta segunda-feira, 14 de maio de 2018, do Diário Oficial dos Municípios Mineiros.

O Conselho Municipal de Saúde do Município de Leopoldina, baixou a Resolução para aprovar a aquisição do medicamento em forma de comprimidos de 2 mg, utilizando Recursos Próprios do Município, do Estado de Minas Gerais, do Governo Federal e Ministério da Saúde, para que os pacientes do município possam continuar seu tratamento sem interrupção, no período de maio de 2018 até enquanto for necessário.

Para tomar a decisão o Conselho considerou as informações prestadas no ofício nº 002/2018 da Assistência Farmacêutica além das explicações dadas na reunião Extraordinária nº 108 realizada no dia 07/05/2018 pela Gestão Municipal, com o quórum necessário para a deliberação, de que o medicamento não consta mais da lista do REMUME-Relação Municipal de Medicamentos.
A Resolução CMS 01/2018 foi assinada pela Presidente do Conselho Municipal de Saúde de Leopoldina, Ana Maria Cândida Vargas e homologada pela Secretária Municipal de Saúde de Leopoldina, Lúcia Helena Fernandes da Gama.

Fonte> Diário Oficial dos Municípios Mineiros

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »