29/05/2018 às 16h11min - Atualizada em 29/05/2018 às 16h11min

Prefeitura paga folha de maio nesta quarta-feira (30/5) já com reajuste de 6.81% aos professores

Percentual tem valor retroativo a 1º de janeiro e recurso do 13º salário também já está garantido, diz o prefeito.

Luiz Otávio Meneghite
Lei do reajuste foi sancionada durante reunião com o secretariado.
O prefeito José Roberto de Oliveira autorizou as Secretarias Municipais de Administração e de Fazenda a efetivarem o pagamento dos salários relativos aomês de maio/2018, aos 1.392 servidores municipais de Leopoldina.

Segundo Jaqueline Ribeiro de Melo, do Departamento de Pessoal, o valor líquido da folha de pagamento é de R$2.966.933,25 e já estarão liberados em conta nesta quarta-feira, 30 de maio.

O Diário Oficial dos Municípios Mineiros publicou no 14 de maio de 2018, a Lei Complementar nº 54, de 17 de abril de 2018, devidamente sancionada pelo prefeito José Roberto de Oliveira, concedendo reajuste anual de vencimentos aos servidores ocupantes de cargos de Professor, para o fim específico de atualização do piso salarial profissional nacional dos profissionais do magistério público da educação básica. O projeto foi submetido à apreciação da Câmara Municipal de Leopoldina, sendo aprovado por unanimidade pelos vereadores.

De acordo com a publicação oficial o reajuste foi no percentual de 6,81% do salário base dos profissionais do magistério do Município de Leopoldina, retroagindo seus efeitos à 1º de janeiro de 2018. O prefeito deu ordens às secretarias de Administração e de Fazenda para inclusão do benefício na folha de pagamento do funcionalismo de maio, o que será efetivado nesta quarta-feira, 30 de maio.

A atualização foi calculada utilizando-se o mesmo percentual de crescimento do valor anual mínimo por aluno referente aos anos iniciais do ensino fundamental urbano, definido nacionalmente nos termos da Lei nº 11.494, de 20 de junho de 2007. Além do prefeito, assinou a sanção da Lei Complementar, a Secretária Municipal de Educação, Regina Lúcia Barbosa Britto de Oliveira.

Falando ao jornal Leopoldinense, o prefeito José Roberto de Oliveira ressaltou que “80% das Prefeituras de Minas Gerais não pagam o piso salarial nacional aos professores e a Prefeitura de Leopoldina é privilegiada em poder cumprir a lei e prestigiar desta forma os profissionais educação que juntamente com todos os servidores do município, recebem os salários rigorosamente em dia, sempre no último dia útil de cada mês”, observou o prefeito complementando que “todos os meses é feito um caixa proporcional para honrar o pagamento do 13º salário programado para ser quitado em parcela  única no dia 20 de dezembro”, garantiu.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »