30/05/2018 às 19h18min - Atualizada em 30/05/2018 às 19h18min

Jacques Villela faz balanço de sua atuação em favor das comunidades rurais

Ele elogiou o desempenho da Câmara Municipal que tem atuado de forma séria, isenta e responsável na fiscalização do município, pautando suas ações na legalidade e transparência.

Vereadores no distrito de Abaíba
Cumprindo seu segundo mandato no Legislativo local, Jacques Villela fez um balanço de sua atuação como vereador, destacando sua preocupação com o município, especialmente a zona rural. O parlamentar conseguiu aprovar inúmeros requerimentos e indicações, visando melhorias em diversas áreas, além de exercer a função de fiscalizador do Poder Público.
 
Neste sentido, Jacques Villela posicionou-se contrário às matérias que oneravam o bolso do cidadão, dentre elas, o projeto que previa o reajuste da taxa de iluminação pública. Integrou a Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou a falta de controle de combustível da Prefeitura e ainda fiscalizou pessoalmente o andamento de várias obras no município.


Consciente de que o vereador deve atuar de maneira sensível às necessidades da população, Jacques Villela tem procurado intervir a favor das comunidades rurais. Dentre suas prioridades, o parlamentar procurou representar os anseios dos moradores dos distritos, especialmente Providência e São Martinho, onde está localizada sua base eleitoral. Entretanto, seus pedidos também foram direcionados para os demais distritos, como o poço artesiano na comunidade dos Quadros, a reforma de todas as estações ferroviárias, instalação de wifi nas praças dos distritos, e que os PSF tenham disponíveis enfermeiros e fisioterapeutas, instalação de câmeras de segurança nas escolas municipais e destinação de parte do valor do IPVA destinado ao município para reforma e conservação das estradas rurais. 
 
Fiel às suas raízes de produtor rural, Jacques Villela tem uma preocupação constante com as condições das estradas vicinais e pontes localizadas na área rural do município. Inúmeras indicações foram apresentadas e aprovadas no sentido de mostrar ao Poder Executivo a necessidade de investir na melhoria das estradas, principalmente de Providência, São Martinho e Abaíba.
 
Com pronunciamentos constantes nas reuniões da Câmara Municipal, o vereador tem se mostrando muito atento e envolvido em tudo que se passa na área rural. Ele aproveitou para contestar qualquer tentativa de não reconhecer sua interferência e dos demais vereadores em relação aos serviços que são feitos nas estradas rurais, principalmente do distrito de Providência. Segundo ele, trata-se de uma iniciativa para desqualificar a atuação séria e comprometida dos parlamentares.
 
Ele, inclusive, lembrou de sua atuação junto ao Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais – DEER – para execução de serviços de patrolamento, cascalhamento e ensaibramento na Rodovia MG 454, no trecho entre Recreio e Providência. Naquela oportunidade, os méritos dessa conquista foram divididos com os demais vereadores e pessoas envolvidas nesta causa, como seu tio Roberto Freire, seu irmão Marcelo Villela e o Vice-Diretor do DEER, Dario Ruthier.
 
Jacques Villela destacou que sua preocupação sempre foi de maneira geral, representando as mais variadas demandas de cada localidade. Em relação a São Martinho, o parlamentar é autor de indicações que tratam sobre as escrituras das casas da agrovila, reforma de posto de saúde, calçamento e asfaltamento de ruas, limpeza de córregos, melhoria na iluminação pública e canalização do esgoto da agrovila.
 
O distrito de Providência foi representado nas proposições do vereador em relação a poço artesiano da agrovila, construção de pontes, calçamento e asfaltamento de ruas, canalização de esgoto, reforma e melhoramento no campo de futebol e no imóvel onde funcionou o PSF, solução definitiva para o problema de falta de água, entre outros.
 
Os distritos de Piacatuba, Abaíba, Tebas e Ribeiro Junqueira também foram agraciados com indicações solicitando ações do Poder Executivo em vários setores. Jacques Villela, no entanto, salientou que o vereador não tem poder de executar obras, mas pode fazer indicações que são frutos da observação e diálogo com a comunidade. “A execução cabe ao prefeito que pode ou não atender os pedidos”, afirmou o vereador.
 
Jacques Villela aproveitou para elogiar o desempenho da Câmara Municipal que tem atuado de forma séria, isenta e responsável na fiscalização do município, pautando suas ações na legalidade e transparência. Como grande conquista da atual legislatura, apontou as transmissões ao vivo das reuniões da Câmara. “Desta forma, evita-se que a população seja enganada com mentiras que, muitas das vezes, visam encobrir algo de errado”, frisou o vereador.
 
Fonte> Câmara Municipal de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »