04/06/2018 às 12h51min - Atualizada em 04/06/2018 às 12h51min

Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano de Leopoldina sofre alteração em sua composição

Eleição no dia 1º de novembro de 2017 escolheu os membros da sociedade civil para o mandato 2017/2021, mas prefeito alterou relação de representantes do Poder Executivo.

Edição> Luiz Otávio Meneghite
O advogado Andrei Felipe Monteiro de Castro preside o Conselho
Uma Portaria assinada pelo prefeito José Roberto de Oliveira, publicada na edição nº 2262, de 30/05/2018, do Diário Oficial dos Municípios Mineiros, revela que o Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano de Leopoldina, sofreu alteração em sua composição, na representação do Poder Executivo Municipal, que é de livre escolha do prefeito municipal.
 
De acordo com a publicação, na representação da Prefeitura de Leopoldina o ex-Secretário Municipal de Fazenda, Edésio Gouvêa Andries, foi substituído pelo Secretário Municipal de Administração, Bruno Flores Gonçalves. A Portaria que entrou em vigor com a sua publicação no Diário Oficial, manteve os demais representantes do Poder Executivo Municipal: Adriana Vieira da Silva, João Paulo do Vale Fófano, Marco Antonio de Toledo Gorrado, Valter Carlos Gonçalves Matos, Viviani César Corrêa e José Geraldo Cevidanes.
 
Na eleição ocorrida na sessão ordinária realizada no dia 1º/11/2017, no Salão Mário Heleno Lopes de Almeida (antiga Câmara Municipal) na rua Lucas Augusto, nº 68, o advogado Andrei Felipe Monteiro de Castro havia sido reconduzido à presidência do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano de Leopoldina,
 
Na ocasião aconteceu a eleição/indicação dos membros da sociedade civil que passaram a compor o Conselho para o período de 2017 a 2021. Compõem o quadro da sociedade civil representantes do Setor Técnico; do Setor Empresarial e do Setor Popular, com os respectivos suplentes.
 
De acordo com extrato da ata da reunião à qual o jornal Leopoldinenseteve acesso os nomes escolhidos foram: Adriano de Souza Oliveira, Pedro Augusto Machado Monteiro, Alex de Souza Carvalho, Paulo Cruz Martins Junqueira, José Gabriel Couto Viveiros Barbosa, Jairo Antônio de Souza Seoldo, José Nilton Oliveira Leite, Reinaldo Junqueira Lustosa e Andrei Felipe Monteiro de Castro, a quem coube a condução da eleição ante a qualidade de presidente do Conselho constituído no período anterior.
 
Após a posse foi realizada a eleição para presidência do conselho, sendo aprovado por unanimidade o nome do advogado Dr. Andrei Felipe Monteiro de Castro e para secretário foi escolhido Paulo Cruz Martins Junqueira, diretor da Chácara do Desengano S/A.
 
Todos os escolhidos ou indicados pela sociedade civil preencheram os requisitos de serem maior de 18 anos; integrar ou participar de entidade, associação ou movimento atuante nos respectivos segmentos, ter título eleitoral com domicilio na cidade de Leopoldina e ser elegível.
 
O Conselho de Desenvolvimento Urbano de Leopoldina foi constituído pela Lei Complementar nº 09, de 10 de outubro de 2009, e tem as competências e atribuições disciplinadas nos artigos 26, 27 e 35 da referida Lei, sendo suas normas de organização estabelecidas em seu Regimento Interno. As reuniões são públicas, mas cabe exclusivamente aos membros do conselho definir, julgar e deliberar sobre as ocorrências havidas durante o processo de eleição e sobre os casos omissos. Os membros do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano de Leopoldina não recebem qualquer remuneração pelo exercício de suas funções.
 
Fontes> Diário Oficial dos Municípios Mineiros e Arquivo do jornal Leopoldinense
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »