26/12/2018 às 16h08min - Atualizada em 26/12/2018 às 20h15min

Leitor alerta autoridades para dois fatos gravíssimos que se repetem todos os dias

Abordagem insistente e ousada de pedintes em praça e bicicletas nas calçadas colocam em risco a integridade das pessoas.

Edição> Luiz Otávio Meneghite
Problema é antigo. Na foto de 2015, funcionários do CREAS fazem abordagem a pessoa em situação de rua.
O leitor Jésus Linhares Vaz, assinante do Jornal Leopoldinense, chama a atenção das autoridades competentes para duas situações gravíssimas que vem presenciando diariamente no centro da cidade e ao final de sua descrição faz um apelo para que atitudes sejam tomadas antes que alguma ocorrência grave aconteça. Antes de sua narrativa, o leitor informa que conhece os direitos constitucionais que as pessoas têm, mas que tais direitos vão até onde começam os direitos das outras.

Ele descreve ao Jornal Leopoldinense que “...as pessoas que estão ficando na Praça Átila Lacerda Cruz Machado, aquele  rodo que fica ao lado da Praça Felix Martins, que distribui o trânsito para as ruas Padre Júlio, (Subida para a Catedral), Manoel Lobato, Francisco Andrade Bastos e José Silva (Calçadão Francesco Calábria), estão se dirigindo aos transeuntes, principalmente aos idosos e mulheres, para “pedir”, fazendo pressão de maneira imprópria”, observa.



O segundo alerta do leitor Jésus Linhares Vaz dirigido às autoridades diz que “outro dado que está se tornando habitual em Leopoldina é a circulação de bicicletas em grande velocidade nas calçadas.  Um dia desses, uma quase me atropelou. Perguntei ao ciclista se ele queria que eu fosse para a rua e ele me respondeu: “seria bom”.

Finalizando, o leitor encarece que as autoridades competentes para os assuntos descritos, se sintam alertados para as providências cabíveis.
Jésus Linhares Vaz
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »